Algarve prepara adaptação à nova realidade - Algarlife Algarve prepara adaptação à nova realidade - Algarlife
Turismo Algarvio prepara adaptação à nova realidade

Algarve prepara adaptação à nova realidade

O Algarve já  “prepara a nova normalidade” para iniciar a atividade logo que o Governo dê luz verde à “retoma progressiva em maio e junho, afirmou hoje em declarações à Lusa, João Fernandes, o presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA).

Aquele responsável confessou que vê com agrado a intenção expressa por “Thierry Breton, comissário europeu para o Mercado Interno, sobre  já se poder viajar na Europa este verão” e de “ser retomada a capacidade de ligação aérea”.

“Temos de estar capazes nessa altura de garantir a segurança que permite a quem nos procura ter a confiança de nos visitar”, afirmou, adiantando que está a ser preparado “um conjunto de boas práticas para várias áreas – desde praias, a alojamentos, restauração, golfes, marinas, marítimo-turísticas e empresas de animação turística – para ter protocolos sanitários devidamente definidos” que permitam retomar a atividade em segurança.

Questionado sobre se as medidas de distanciamento a aplicar nestas áreas podem prejudicar a retoma numa região como Algarve, muito ligada ao sol e mar, João Fernandes respondeu que “se tem falado muito das praias”, mas assegurou que estas “vão estar abertas e disponíveis, obviamente com algum condicionamento”.

O presidente da RTA lembrou as propriedades “desinfetantes do sol” e considerou que os protocolos de atuação que forem adotados serão “exequíveis, não serão física quântica”.

“Se tenho um toldo a metro e meio e preciso de distanciamento de dois metros, não é problemático criar esse distanciamento. Se os apoios de praia e restaurantes tiverem que funcionar à base de guiché para ‘take away’, também não é o fim do mundo”, considerou, estimando que todos os setores saberão “muito em breve” que medidas adotar.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.