Vitor Guerreiro insiste na urgência em requalificar a EN2

14

Vítor Guerreiro, presidente da Câmara de São Brás de Alportel, insiste junto do presidente da Infraestruturas de Portugal, António Ramalho, para a urgente necessidade de requalificação da Estrada Nacional 2, com vista a melhorar os acessos do concelho, a Faro e à Via do Infante.

A urgência em concretizar estas obras já tinha sido manifestada junto daquela entidade, em reunião realizada em julho de 2014, na sede da Comunidade Intermunicipal do Algarve – AMAL.

As obras propostas de melhoria e retificações pontuais na via são fundamentais para melhorar as acessibilidades do concelho, sobretudo porque São Brás de Alportel não dispõe de ligação direta à Via do Infante, e permitirão garantir mais condições de segurança para quem circula na estrada, sobretudo num dos troços com grande sinistralidade. Estás intervenções são também cruciais para potenciar o tecido empresarial e a dinamização de atividades económicas em São Brás de Alportel.

Neste sentido o edil são-brasense reforça o pedido de requalificação solicitado à empresa Infraestruturas de Portugal e cuja intervenção assenta em 4 eixos principais:

a) A criação de uma rotunda no cruzamento da EN2 com o acesso a Faro e à Via do Infante, no sítio do Coiro da Burra;
b) A criação de uma segunda faixa em algumas zonas de subida, faixa de lentos no atual traçado da EN2;
c) A retificação de algumas curvas consideradas mais perigosas;
d) A implementação de medidas de segurança para circulação de peões no sítio dos Machados.

Concretizar estas intervenções representa ainda um novo passo no projeto de criação da ligação direta de São Brás de Alportel à Via do Infante, uma obra que já esteve prevista no plano de requalificação da EN 125.

Para o executivo municipal a execução destas obras constitui um importante investimento para o futuro do concelho, enquanto dinamizadora do setor sócio- económico e por se revelar uma real aposta no aumento da segurança e qualidade de vida da população são-brasense.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.