Turismo do Algarve saúda Lagoa “Cidade do Vinho 2016”

9

A Região de Turismo do Algarve (RTA) saúda a eleição de Lagoa como «Cidade do Vinho 2016», uma escolha para a qual muito contribuiu a componente turística do projeto submetido pelo Município de Lagoa à Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV). Ourém, Ponte de Lima, Santa Marta de Penaguião e Silves eram os restantes candidatos ao galardão.

Em 2016 o município algarvio vai hastear a bandeira de “Cidade do Vinho” e Lagoa vai andar literalmente nas bocas do mundo, através de degustações de Vinho Regional Algarve com Denominação de Origem Protegida e de outras iniciativas que serão realizadas ao longo do próximo ano.

“Lagoa está de parabéns por ter envolvido na candidatura os principais agentes económicos algarvios relacionados com a vitivinicultura e com o turismo, tanto púbicos como privados, entre os quais a própria RTA”, declara o presidente da entidade regional. Desidério Silva considera ainda que “em 2016 todo o Algarve estará em festa para celebrar a gastronomia e os vinhos do maior destino turístico português”.

Gastronomia e Vinhos é precisamente um dos produtos complementares ao Sol e Mar, ao Golfe e ao Turismo Residencial, já consolidados na região, e uma das apostas estratégicas da Região de Turismo na promoção do Algarve. A Dieta Mediterrânica, o projeto Cataplana Algarvia, a edição de um Guia de Vinhos do Algarve e o lançamento da Rota dos Vinhos do Algarve são algumas das iniciativas com maior sucesso junto dos turistas.

Segundo a AMPV, existem no Algarve 33 produtores de vinho e a produção anual é de 1,2 milhões de litros. O concelho de Lagoa tem quatro grandes produtores e apresenta um volume total superior a 500 mil litros de vinho, entre tintos, brancos, rosés, licorosos e aguardentes.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.