www.Auto-Doc.PT
Home / Atualidade / Economia / Inf. estatística / Lisboa e Porto lideram lista do edificado mais degradado
r468 -->
Lisboa e Porto lideram lista do edificado mais degradado
Lisboa e Porto lideram lista do edificado mais degradado

Lisboa e Porto lideram lista do edificado mais degradado

Em Portugal, a dinâmica de construção nova para habitação tem sido menor nas cidades do que no conjunto do país. O Algarve destacava-se à data do último recenseamento da População e Habitação, com a maior percentagem (17,8%) de edifícios construídos nos últimos dez anos, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

As cidades com valores mais elevados neste indicador são Tavira (32,3%), Vila Baleira (29,2%), Caniço (28,7%), Santa Cruz (26,9%) e Albufeira (26,1%).

Mas a outra realidade regista cerca de 1 milhão de edifícios degradados em Portugal, com Lisboa e Porto a liderarem a lista das cidades com o maior número de imóveis a necessitar de reparações.

Para além daquelas cidades, Vila Nova de Gaia, Leiria e Coimbra fazem também parte da lista do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Fachadas degradadas e infiltrações é o aspeto mais comum de estruturas que demonstram a falta de iniciativa dos proprietários na manutenção dos seus imóveis, um fenómeno transversal em diferentes regiões que resulta em elevados custos de reparação e se reflete como um problema público, social e ambiental.

“O conforto da habitação e dos seus ocupantes dependem, em larga escala, da reabilitação das estruturas e da impermeabilização das mesmas – reforços estruturais que podem ir desde a cave ao telhado. Em Portugal, muitos edifícios carecem de reabilitação urgente e é necessário colmatar esta tendência” afirma Pedro Azevedo, Gestor de Mercado da Reabilitação e Reforço Estrutural da Sika Portugal.

Neste sentido, a Sika, marca especializada na produção e comercialização de produtos químicos para a construção e indústria, vai partilhar o seu know-how no XII Congresso Internacional sobre Patologia e Reabilitação de Estruturas (CINPAR), que se realiza de 26 a 29 de outubro, na Casa das Artes, Porto, com o debate ‘Proteção de betão com impermeabilização hidrofóbica – a importância da especificação’.

About webEditor

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.