Lagoa atribuiu apoios solidários a oito IPSS do concelho

8

O Auditório do Convento de José, em Lagoa, foi na passada quinta feira (11), o palco da assinatura de oito protocolos, entre a Câmara Municipal e oito Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), que no global, vão receber no triénio 2015-2017, apoios no valor de 961.473,67€.

Numa cerimóniaLagoa atribuiu apoios solidários 350 _ab presidida por Francisco Martins, o Presidente da Câmara Municipal, que se encontrava acompanhado pela Vereadora Anabela Simão, que detém o Pelouro da Ação Social, teve lugar a assinatura dos protocolos de apoio às Instituições signatárias, no cumprimento do projeto solidário do executivo municipal.

(…) Na ocasião, o Presidente afirmava que: “estes protocolos foram elaborados com base nas reuniões havidas entre mim e as direções de cada uma das Instituições, que visitei pessoalmente, no sentido de auscultar, ao vivo, as suas carências e necessidades correntes, assim como as suas dificuldades de investimentos de capital, face à diminuição, nos últimos anos, de medidas de auto proteção, que também cabem ao Estado.

Os protocolos que vão ser assinados não foram feitos a régua e esquadro, bem pelo contrário: são o reflexo de uma análise séria, atenta e profunda à realidade de cada área do nosso Concelho e do labor das suas IPSS que têm ajudado, tantas vezes sem meios financeiros, mas sempre de coração aberto “inventando mais um espaço” para receber ou ajudar um cidadão! Essa atividade enobrece as nossas gentes – todos vós -, pela que a Câmara Municipal não podia, nem pode, ficar alheia.

Estou aqui, na companhia da Vereadora Anabela Simão, para assumirmos o financiamento às IPSS para todo o nosso mandato, o que permite dar-vos alguma estabilidade para possam gerir e programar a vossa atividade. Naturalmente que estaremos abertos a qualquer eventualidade que surja e não se encontre contemplada nestes protocolos, e que merecerão a nossa observação.
Desejo a todos um bom trabalho e que considerem a Câmara Municipal como um parceiro que reconhece o trabalho desenvolvido na ligação com todos aqueles que precisam de apoio. Obrigado a todos” (…).

Os oito Protocolos, validados para o triénio 2015-2017, foram assinados com o CAIF – Centro de Apoio a Idosos de Ferragudo (56.300,00€), ACD-CHE Lagoense (112.200,00€), Santa Casa da Misericórdia de Estômbar (70.400,00€), CASC – Centro de Apoio Social de Carvoeiro (42.200,00€), CASP – Centro de Apoio Social de Porches (111.760,00€), Centro Paroquial de Estômbar (124.130,00€), ADR – Quinta de S. Pedro (92.200,00€), Amigos para o Desenvolvimento da Mexilhoeira da Carregação (30.173,56€) e CPL – Centro Popular de Lagoa (322.110,00€).




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.