Jornadas Europeias do Património 2015 em Lagos

15

Lagos associar-se mais uma vez às Jornadas Europeias do Património (JEP), com a realização de 25 a 27 de setembro, de diversas iniciativas que pretendem chamar a atenção para a importância do património cultural do concelho, enquanto fator diferenciador e de atração turística.

Este ano, as JEP/2015 são subordinadas ao tema: “Património Industrial e Técnico”.

O Conselho da Europa e a União Europeia decidiram escolher 2015 para “Ano Europeu do Património Industrial e Técnico”, que acabou por ser também o tema escolhido para mais umas Jornadas Europeias do Património, evento celebrado em mais de 40 países, com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a importância da proteção do Património, como forma privilegiada de enformar nas comunidades uma afirmação identitária e estabelecer uma ponte sustentável entre o progresso e a memória histórica que se pretende preservar.

Como é tradição, as temáticas escolhidas, muito latas, dão azo a que se organize uma multiplicidade de atividades, alusivas a vários tipos de património.

Em 2015 e sob o mote “Património Industrial e Técnico”, são diversos tipos de manifestações humanas, como “fábricas, pontes, moinhos, canais, linhas de caminhos-de-ferro, lojas, vilas operárias, minas, portos, património da água e da luz, pequenas indústrias artesanais, arquivos públicos e empresariais”, e outras estruturas arquitetónicas, como as Muralhas da Cidade e o Forte da Ponta da Bandeira.

Uma vez mais, a Câmara Municipal de Lagos associa-se a esta efeméride com um programa diversificado de atividades, que passam por um Passatempo de Fotografia, visitas orientadas, tertúlias demonstrações e entradas gratuitas nos principais equipamentos museológicos da cidade.

A autarquia desafia a conhecer e participar nas iniciativas preparadas para as JEP 2014 em Lagos:

PROGRAMA

♦ Até dia 11 | Passatempo de Fotografia «Paisagem com Histórias e Memórias: em busca do passado industrial e técnico do concelho de Lagos»
Apoio: Lagos-Em-Forma, Gestão Desportiva, E.M., S.A.

Este passatempo tem como objetivo o envolvimento de habitantes e visitantes de Lagos, maiores de 18 anos, na descoberta de vestígios dos meios de produção e técnicos ancestrais, existentes no concelho de Lagos.

♦ Dia 25 | 10h00 e às 11h00 | «Grão a grão se faz o pão»
Local: Odiáxere
Apoio: Junta de Freguesia de Odiáxere
Inscrições gratuitas até dia 22 (condicionadas a inscrição prévia no Museu Municipal / 282 762 301)

Visita orientada e comentada ao moinho de Odiáxere, por José Guerreiro, antigo moleiro, com o objetivo de dar a conhecer a forma de laboração do engenho e a profissão afeta a este tipo de estruturas (duas sessões com um limite de inscrições por sessão – 20).

♦ Dia 25 | 17h00 às 19h00 | «Vamos conversar sobre…»
Local: Museu Municipal (Salão de Exposições Temporárias)
Acesso gratuito (condicionado ao nº de lugares sentados / 20)

Num ambiente informal e descontraído, pretende-se promover uma conversa, com troca de saberes entre os presentes, sobre os elementos patrimoniais definidos pela organização. A projeção gradual de diapositivos com imagens e textos acompanhará os assuntos sugeridos (que só serão divulgados no próprio dia).

♦ Dias 25, 26 e 27 | 11h00 às 13h00 | «Entre cestos e canastras»
Local: Junto ao Moinho de Santo Amaro

Sendo costumeira a demonstração da arte de fazer empreita, por parte de João Fabião Alvelos, a inclusão da mesma nas Jornadas Europeias do Património não só se justifica pela temática deste ano, como também é uma forma excelente de dar a conhecer técnicas de trabalho que tendem a tornar-se cada vez mais raras.

♦ Dias 25, 26 e 27 | «Dia Aberto nos Equipamentos Culturais»
A entrada é gratuita para todos os que visitem o Museu Municipal, o Forte Ponta da Bandeira e o Armazém do Espingardeiro, nos horários normais de abertura ao público.

Museu e Fortaleza – 10h às 13h / 14h às 18h | Armazém do Espingardeiro -10h às 13h00 (só 25 e 26)

♦ Dia 26 | 10h30 | «Intra e extramuros
Ponto de Encontro: Museu Municipal
Inscrição gratuita obrigatória (Museu: 282 762 301/ Limite de inscrições: 20)

Esta atividade visa dar a conhecer, num percurso entre a saída do Museu Municipal e o Baluarte de S. Francisco, todo o perímetro muralhado da cidade, com paragem obrigatória no Forte Ponta da Bandeira e em alguns baluartes ainda acessíveis ao público.

♦ Dia 26 | «O Museu de Lagos vai à FNAC»
Local: Loja FNAC de Faro

Como membro da Rede de Museus do Algarve, e no âmbito de uma parceria entre aquela instituição e a loja FNAC de Faro, o Museu Municipal Dr. José Formosinho fará uma ação promocional naquele espaço.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.