IPMA vai libertar milhares de peixes na costa algarvia

8

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) vai libertar milhares de peixes na costa algarvia, numa zona de pesca proibida, previamente preparada para a implementação de operações de repovoamento das populações naturais de espécies capturadas, pela frota da pequena pesca na costa Algarvia.

A operação que terá lugar no próximo dia 6 de Agosto, vai libertar cerca de 25.000 juvenis de sargo (Diplodus sargus) com 10-20g e de corvina (Argyrosomus regius) com 10-40g na Área Piloto de Produção Aquícola (APPA), instalações de aquacultura em mar aberto (“offshore”) localizadas ao largo da Ilha da Armona em Olhão.

Segundo o IPMA, estes exemplares juvenis foram produzidos na Estação Piloto de Piscicultura de Olhão (EPPO) e vão ser libertados numa zona da APPA que engloba um sistema de recifes artificiais previamente implantado pelo IPMA e “longlines” para produção de bivalves, mexilhão e ostra, visando simultaneamente proporcionar abrigo e protecção e disponibilizar alimento natural aos peixes libertados, com a vantagem adicional desta zona ser interdita à pesca, aumentando a probabilidade de adaptação destes peixes produzidos em cativeiro ao meio natural.

A libertação destes peixes juvenis irá ser realizada pelo navio de investigação pesqueira do IPMA (“NI Diplodus”) e contará com o apoio logístico da empresa “Tunipex”.

IPMA/CM




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.