easyJet aumentou em 8,1% para 16,1 Milhões de passageiros

easyJet cresceu em passageiros apesar de alguns eventos!

18

A easyJet cresceu 8,1% em número de passageiros, para os 16,1 milhões, transportados no primeiro trimestre fiscal da empresa, com a taxa de ocupação a subir 0,6% para 90,3%, numa altura em que a capacidade cresceu em 7,3% para 17,8 milhões de lugares.

Apesar da performance na receita por assento em outubro, o impato dos trágicos eventos em Paris e no Egito, resultaram numa redução da procura e da tarifa média em novembro e dezembro.

As reservas antecipadas para o segundo trimestre revelam uma significativa melhoria na receita por assento quando comparado com novembro e dezembro. No primeiro trimestre, a receita por assento baixou em 3,7% numa base de moeda constante.

Segundo o comuncado da empresa, a receita total manteve-se sólida nos 930 milhões de libras, 0,1% abaixo do ano anterior, com a receita gerada pelo aumento no volume de passageiros e uma maior taxa de ocupação a compensarem a redução na receita por assento e as perdas de 32 milhões de libras registadas nas flutuações das taxas cambiais.

Como resultado da performance global, beneficiando do baixo preço do combustível, da disciplinada alocação de capacidade e de uma oferta comercial resiliente, as expectativas do Conselho de Administração para o lucro antes de impostos, no ano fiscal que encerra a 30 de setembro, mantêm-se em linha com as expectativas de mercado.

Para Carolyn McCall, Chief Executive da easyJet, “A excelente proposta que a easyJet apresenta aos seus clientes, combinada com os baixos preços dos combustíveis, permitiu a disponibilização de tarifas mais baixas, o que deu origem a um aumento de 8% no número de passageiros no primeiro trimestre.

A estratégia da empresa, centrada nos seus clientes, a quem oferece bilhetes a preços reduzidos nos principais aeroportos, continua a revelar-se bem-sucedida. Este ano, vamos consolidar esta estratégia focando-nos na redução de custos, uma estratégia que tem vindo a dar os seus resultados. Este facto vai assegurar que a easyJet continue a ser bem-sucedida e a ver a sua receita, o lucro e os dividendos a crescer”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.