Concertos ao Entardecer em Sagres

Concertos ao Entardecer regressam à Fortaleza de Sagres

13

Os “Concertos ao Entardecer” que regressam à Fortaleza de Sagres, no próximo domingo 19 de Junho às 11.30, traduzem um conceito que alia os novos sons musicais de bandas portuguesas emergentes, à beleza natural do fim de tarde, onde a paisagem envolvente fala por si.

Projecto da Associação Arquente, que nasceu no sotavento algarvio em 2013 e que se estendeu a Sagres, através do prolongamento do ciclo àquela zona do barlavento algarvio.

Em 2016, os “Concertos ao Entardecer” regressam a este monumento localizado na ponta do Sudoeste Algarvio, para fins de tarde de música indie, ou independente portuguesa, com a seguinte programação:

Nice Weather for Ducks | 19 de junho | 18h
Jigsaw | 3 de Julho | 18h
Old Jerusalém | 24 de Julho | 18h

Love is You and Me Under the Night Sky é o título do novo álbum dos Nice Weather For Ducks que vai ser apresentado no domingo 19 de Junho, às 18h00, na Fortaleza de Sagres.

Os Nice Weather for Ducks que chegam dos arredores de Leiria, são um grupo de amigos na casa dos vinte anos, que cresceram a ouvir dizer que a música estava na internet. Confessam-se viciados em canções de todos os géneros e feitios e no som de alguns instrumentos que mandaram vir do ebay.

Chegaram em 2012 e com “2012”. Como tem sotaque inglês deve pronunciar-se “Twenty Twelve”, depois viajaram em “Back To The Future”. Do primeiro disco “Quack” ainda lançaram um terceiro single “Bollywood”, não deixando ninguém indiferente e rumando numa digressão que os deixou a correr Portugal e Espanha por mais de dois anos.

Depois de vários milhares de downloads legais do disco e da edição física esgotada, desde 2013 já abriram a compilação Novos Talentos Fnac, abanaram o Vodafone Mexefest, o Bons Sons, o NOS Alive, o Fusing e o Barco Rock. Por terras espanholas venceram no festival espanhol Monkey Week (onde receberam excelentes críticas e intensa passagem na RNE3 que os apelidou de “animal collective com canções”) e marcaram presença no Pomolo Fest e no Deleste Festival.

Regressam em 2016 com novo disco em que a versatilidade das suas canções (com adn rock mas cada vez mais assente na world music e na electrónica) apresenta uma nítida evolução e maturidade.

Esta é uma iniciativa integrada no ciclo “Música no DiVaM” do programa DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – 2016.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.