Recomendações da Proteção Civil para enfrentar a Vaga de Frio!

12

A vaga de frio a que Portugal está sujeito e será sujeito nos próximos dias exige uma enorme atenção e um conjunto de cuidados, em particular com as crianças e com os idosos.

Os serviços de saúde têm alertado para esta situação e a Proteção Civil Municipal de Faro quer da mesma forma prevenir os seus munícipes para este momento. Desta forma, esteja atento, proteja-se, proteja os seus filhos e ajude as pessoas que estão sós e que em muitas situações não têm apoio familiar, em particular os mais idosos no domicílio, muitas vezes em situações de isolamento.

MEDIDAS DE AUTOPROTEÇÃO E CUIDADOS A TER EM CASA E EM VIAGEM:

Vestuário:

• Cubra as extremidades (mãos, pés, cabeça); Use roupas folgadas e calçado adequado à temperatura ambiente, protegendo as extremidades; Não use roupas justas porque dificultam a circulação sanguínea; Use várias camadas de roupa em vez de uma única muito grossa; Use roupas de algodão e fibras naturais.
Higiene pessoal:

• Tome banho com água morna – água muito quente remove a camada protetora natural da pele; Mantenha a pele hidratada – hidrate todo o corpo não esquecendo mãos, pés, cara e lábios;
Alimentação:

• Coma com mais frequência, encurtando as horas entre as refeições; Coma mesmo que não sinta muita fome, em especial sopas e bebidas quentes (leite, chá); Se a sua saúde o permitir, inclua na sua alimentação alimentos calóricos como chocolates, azeite, frutos secos; Evite bebidas alcoólicas – causam aquecimento mas provocam vasodilatação com perda de calor e arrefecimento do corpo; Coma alimentos ricos em vitaminas e sais que protegem contra infeções; Abstenha-se de produtos nocivos como o cigarro, bebidas alcoólicas e drogas.
Exercício físico:

• Deve manter a prática de exercício físico – aumenta a produção de calor e a circulação de sangue; Não faça exercício físico intenso ou ao ar livre e evite arrefecer com a roupa transpirada no corpo; Faça pequenos movimentos com os dedos, os braços e as pernas – evitam o arrefecimento do corpo;
Beba água durante a atividade física para evitar a desidratação.
Ao ar livre:

• Proteja o rosto. Evite a entrada de ar extremamente frio nos pulmões; Procure manter-se seco dado que o corpo arrefece rapidamente com a humidade; Se tiver que realizar trabalho com muito esforço, proteja-se com roupa adequada e vá doseando o esforço; Evite uma exposição excessiva ao frio.

CUIDADOS EM CASA E VIAGEM:

Perante temperaturas baixas e uma consequente maior utilização de sistemas de aquecimento, a população deve minimizar os riscos que muitas vezes lhes estão associados, pelo que a Proteção Civil Municipal de Faro deixa os seguintes conselhos:

NO AQUECIMENTO DO LAR:

• Afaste os aquecedores de móveis; Não seque a roupa nos aquecedores; Desligue os aparelhos elétricos quando não estiver em casa; Afaste os produtos inflamáveis de uma fonte de calor; Guarde os líquidos inflamáveis em recipientes fechados e coloque-os em locais ventilados; Proteja devidamente a lareira para que não se torne um foco de incêndio; Não abandone velas acesas ou mal apagadas; Nunca se esqueça do ferro de engomar ligado.

Atenção: o consumo excessivo de eletricidade pode sobrecarregar a rede originando falhas locais de energia. Procure poupar energia, desligando os aparelhos elétricos que não sejam necessários. Tenha à mão lanterna e pilhas, para o caso de faltar a luz.

NA VIAGEM DE AUTOMÓVEL:

• Procure informar-se através das concessionárias ou das forças policiais, de quais os condicionamentos de trânsito existentes e vias alternativas de circulação; Circule preferencialmente utilizando as vias rodoviárias mais seguras; Tome algumas medidas preventivas, nomeadamente, agasalhos e alimentação suplementares e garantir o abastecimento do depósito do veículo, para fazer face à possibilidade de ser forçado a paragens prolongadas durante a viagem; Ligue o aquecimento do veículo 10 minutos em cada hora e abra os vidros uns milímetros para arejar; Evitar comportamentos de risco que poderão originar acidentes.

Mantenha-se atento aos avisos das autoridades, que lhe permitirão adequar-se a condições meteorológicas adversas.

Fonte: Proteção Civil Municipal de Faro




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.