Festival do Perceve levou milhares a Vila do Bispo

Festival do Perceve levou milhares a Vila do Bispo

12

Os oito mil visitantes que passaram pelo 5º Festival do Perceve de Vila do Bispo, certame gastronómico que ali decorreu no passado fim de semana, deliciaram-se com as iguarias que encontraram, preparados e confecionados de forma tradicional.

O Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, foi uma das figuras públicas que passou pelo Festival acompanhado por Adelino Soares, presidente da Câmara.

Nos três dias do festival foram consumidos mais de 3.500 quilos de marisco, incluindo cerca de 800 quilos de perceves, capturados pelos marisqueiros de Vila do Bispo.

Para além dos perceves e das lapas, os mexilhões, a moreia frita, as navalheiras, a salada de polvo, as papas de xerém ou de mexilhão, o choco frito e o camarão, constaram igualmente da oferta.

José Mendes, secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, foi uma das figuras públicas que passou pelo Festival acompanhado por Adelino Soares, presidente da Câmara de Vila do Bispo.

Para Bruno Dias, da Associação dos Marisqueiros da Vila do Bispo e Costa Vicentina, o evento superou todas as expectativas pois o número de visitantes foi muito superior ao verificado na anterior edição, contribuindo decisivamente para promover uma das maiores iguarias gastronómicas do município, o perceve. Bruno Dias salientou, ainda, o envolvimento de um maior número de marisqueiros nesta edição o que contribuiu para uma melhor organização do mesmo.

O Festival, que já é um lugar de passagem obrigatória, contou com muita animação musical. O grupo Jô-Kina & Bakorinhos abriu a primeira noite de festival, seguindo-se a atuação do Quarteto de Fado ao Sul. Já no sábado marcou presença o grupo Albuhera e no domingo os visitantes assistiram à atuação de Mr.Carly, Shoo e Pajó e do DJ Dope Boy.

Organizado pela Associação dos Marisqueiros da Vila do Bispo e Costa Vicentina, o Festival do Perceve, contou com o forte apoio logístico e financeiro, da Câmara Municipal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.