GR15 é itinerário piloto de nova aplicação digital

GR15 é itinerário piloto de nova aplicação digital

10

Já se encontra em fase de testes, tendo como itenerário piloto a Grande Rota do Guadiana (GR15), uma nova aplicação digital, que tem por objetivo, solucionar ocorrências nas rotas cicláveis e pedestres do Algarve.

No âmbito do programa “Cycling and Walking” a Odiana recebeu no início de Outubro dois técnicos, da AMAL e RTA, equipa que se encontra a desenvolver a nova aplicação (app) para registo de ocorrências nas rotas âncora do Algarve, nomeadamente rotas cicláveis e pedestres. Esta pretende ser uma ferramenta de apoio à gestão do território com base na plataforma da AMAL “City as a Platform”, uma aplicação digital de report.

A equipa produtora da app, acompanhada de uma equipa técnica da Odiana, deslocou-se ao terreno, percorrendo um troço da GR15 para testar a aplicação. A plataforma estará disponível para os técnicos das entidades com responsabilidade na implementação e gestão das rotas e permite registar qualquer tipo de ocorrência, em termos de descrição e georreferenciação, de modo a que qualquer elemento técnico possa ser informado da ocorrência e tratar da sua resolução.

O objetivo é localizar, gerir e solucionar, com a maior brevidade quanto possível, ocorrências que se possam registar nas vias cicláveis/ pedestres e que impeçam o turista/residente do usufruto da mesma. Registos como sinalética danificada ou ausente, lixos ou detritos no decorrer do traçado, questões de segurança ou interrupção da via, são alguns dos casos que podem ser detetados na plataforma, que para já se encontra em fase de teste.

A destacar que a GR15, é uma rota pedestre que atravessa três concelhos, desde o litoral, barrocal e serra. São cerca de 65 km´s de rota pedestre, desde Vila Real de Santo António, passando por Castro Marim e terminando em Alcoutim (ou vice-versa).

O programa “Cycling & Walking” 2016-2019 que visa a reabilitação e estabelecimento de novas rotas para passeios pedestres ou de bicicleta, criação de mapas com oferta integrada, aposta na divulgação e criação de uma rede de serviços de apoio, que melhore a experiência e corresponda às necessidades da procura, com o objetivo de combater a sazonalidade no destino. Trata-se de uma parceria institucional constituída pela Amal, ERTA, ATA e Turismo de Portugal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.