Reforçada a rede de cuidados continuados no Algarve

16

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados no Algarve, alargou este mês a capacidade assistencial com mais 24 camas em Unidades de Longa Duração e Manutenção e 5 numa Unidade de Média Duração e Reabilitação, informa a ARS Algarve.

O comunicado refere que este reforço resulta de um despacho dos Ministérios das Finanças, da Saúde e da Solidariedade, que autoriza o Instituto da Segurança Social, IP e as Administrações Regionais de Saúde, IP a assumir compromissos plurianuais integrados nos contratos-programa, a celebrar durante o ano 2015 com as entidades integradas na RNCCI. Nesse sentido, está ainda previsto para breve a contratualização de 20 camas numa Unidade de Saúde Mental.

Unidades integradas na RNCCI que aumentaram o número de camas:

Unidade de Longa Duração e Manutenção de Aljezur – entidade: Casa da Criança do Rogil – 5 camas;
Unidade de Longa Duração e Manutenção do Azinhal no concelho de Castro Marim, entidade: Associação de Bem Estar Social da Freguesia do Azinhal – 2 camas;
Unidade de Longa Duração e Manutenção de Estoi no concelho de Faro, entidade: Fundação Algarvia de Desenvolvimento Social – 7 camas;
Unidade de Longa Duração e Manutenção de Algoz no concelho de Silves, entidade: Lar Quinta de São Sebastião – 10 camas;
Unidade de Média Duração e Reabilitação de Olhão, entidade: Associação Cultural e de Apoio Social de Olhão – 5 camas.

Na área da Saúde Mental, vai ser ainda celebrado um contrato-programa com a Associação de Saúde Mental do Algarve (ASMAL) respeitante a 20 camas numa Residência de apoio máximo, situada em Almancil no concelho de Loulé.

Com este reforço, a Região do Algarve dispõe, no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, um total de 526 camas de internamento destinadas a cuidados continuados a pessoas dependentes, sendo 69 camas de convalescença, 10 camas de paliativos, 109 camas para internamentos de média duração e reabilitação e 338 camas para internamentos de longa duração e manutenção.

De destacar que, face à população existente no Algarve com 65 anos ou mais, cerca de 87 769 habitantes, de acordo com CENSUS de 2011, o Algarve é uma das Regiões do país que neste momento oferece maior cobertura assistencial a nível de internamento em cuidados continuados integrados.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.