Portal Descobrimentos o Museo virtual já está online!

0

Já se encontra online o novo “Portal dos Descobrimentos” um espaço interativo do projeto «Descubriter – Rota Europeia dos Descobrimentos», que une o Algarve e a Andaluzia numa rota turística, criada para promover a cultura, a história e o património das duas regiões, de onde partiram as primeiras embarcações rumo à descoberta do mundo, entre os séculos XV e XVII.

Este museu virtual que foca o papel dos portugueses e espanhóis nas expedições marítimas da época e que mostra a epopeia que juntou há cinco séculos os navegadores, numa aventura por mares desconhecidos, já pode ser visitado online, no sítio “Portal dos Descobrimentos“.

As portas virtuais do museu abriram esta semana ao público com muitos documentos, vídeos e uma cronologia que ajuda a identificar as rotas, as personalidades e os acontecimentos que marcaram as viagens ultramarinas da época. Há ainda um separador com alguns factos que despertam o interesse dos mais curiosos: que expedições partiram de Sagres? Terá existido uma escola náutica na vila algarvia? Estas são algumas das perguntas com resposta no sítio que propõe aos internautas uma viagem ao passado.

A maior parte dos conteúdos já estão carregados, mas até ao fim do ano estarão disponíveis novas informações, também noutras línguas, para quem quiser saber mais sobre o tema.

O museu surge no âmbito do «Descubriter», um projeto mais amplo alvo de candidatura ao Programa Operacional de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal 2007-2013 que liga seis entidades do território ibérico: Fundación Nao Victoria, Prodetur (Diputación de Sevilla), Região de Turismo do Algarve (RTA), Promosagres, Direção Regional de Cultura do Algarve e Câmara Municipal de Vila do Bispo.

«Este portal de rigor histórico tem uma finalidade lúdica e turística. Esperamos que ao informarmos o internauta sobre os Descobrimentos ele sinta vontade de visitar em pessoa o Algarve e a Andaluzia e todo o património luso-espanhol associado à epopeia», afirma o presidente da RTA, Desidério Silva.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.