Luta contra o Cancro da Mama assinalada em Faro!

11

O Dia Internacional da Luta contra o Cancro da Mama foi assinalado em Faro, com um seminário organizado pela Associação Oncológica do Algarve, em parceria com a Biblioteca Municipal António Ramos Rosa.

O Seminário que decorreu no auditório da biblioteca, abordou diversas temáticas associadas ao cancro da mama, desde os tratamentos médicos e não convencionais, à importância do apoio psicológico, passando pela prevenção e pelo rastreio.

Na sua intervenção na sessão de abertura, o Presidente da Câmara Municipal, Rogério Bacalhau, realçou a importância do rastreio manifestando uma intenção clara, “Queremos levar a todas as mulheres a informação que lhes permita efetuar diagnósticos precoces que salvam vidas”, prosseguindo a propósito, na Câmara de Faro “estamos preocupados sobretudo com as franjas socialmente mais frágeis da população, que são aquelas que não têm acesso à informação e que por isso não têm as mesmas defesas que as outras.

Esta é a obrigação das autarquias associarem-se e colaborem ativamente com todas as iniciativas de carácter informativo e pedagógico”, como  Câmara de Faro e a AOA têm colaborado em diversos projetos e iniciativas regulares.

A Câmara de Faro e a AOA que têm colaborado em diversos projetos e iniciativas regulares, estudam formas de intensificar o plano de divulgação das ações de rastreio por todo o concelho, de forma a abranger o maior número de pessoas possível, com a autarquia a disponibilizar diversos espaços expositivos com visibilidade assegurada de modo a que a informação tenha o retorno desejado.

Com taxas de incidência crescentes, o cancro da mama é a forma de cancro mais comum na mulher. Calcula-se que 1 em cada 10 mulheres irão desenvolver cancro da mama ao longo da sua vida. Felizmente, com os avanços da medicina, esta doença, quando detetada e diagnosticada numa fase inicial, apresenta uma taxa de sobrevivência pode chegar aos 95% no espaço de 5 anos.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.