HP Trash no Cantaloupe Café, nos Mercados de Olhão

HP Trash no Cantaloupe Café, nos Mercados de Olhão

15

O grupo HP Trash vai apresentar-se no domingo 26 de Março (18H30), no Cantaloupe Café, nos Mercados de Olhão.

“Hilaria Kramer, Pedro Glória, Pedro Guerreiro e Pedro Barroso – HPTrês – apresentam o seu trabalho, baseado num processo de desenvolvimento do conceito de substituição do set de bateria convencional, por loops electrónicos, sons e live samples, combinados com a percussão alternativa feita de lixo doméstico e objectos da

“A celebrar 10 anos sobre a gravação do seu albúm ‘2006 Odyssey on Earth, Hilaria Kramer leva a palco os conceitos do seu projecto e CD “Odyssey 2006 on earth” . Hilaria que vive em Portugal há alguns anos, encontrou no país os músicos que procurava, para fazer a ponte entre o agora e um albúm projectado para o futuro.”

Hilaria Kramer – trumpet
Pedro Barroso – electric guitar
Pedro Guerreiro – electric bass
Pedro Gloria – sampling trash-drums

Hilaria Kramer

Nasceu em 1967, na Suíça. Iniciou estudos de trompete com 10 anos de idade na Escola de Jazz de St. Gallen, na Suíça e continuou na seção profissional com o “Jazzgiant” trompetista Benny Bailey e o pianista Arte Lande de 1981 a 1985. Em 1985 começa sua carreira internacional tocando em grupos e projectos com músicos como: Joe Henderson, Sal Nistico, Chet Baker, Daniel Humair, Lee Konitz, Nina Simone, Carmen Mac Ray, Steve Lacy, Luca Flores, David Murray, Gianluigi Trovesi, Claudio Fasoli e muitos outros. Durante os últimos dez anos Hilaria Kramer tem trabalhado intensamente com suas próprias bandas e projectos como o Quarteto “la Suite” (3 CD já lançados), com o grande Daniel Humair na bateria e o seu Dueto (1 CD “Do Luar”) com o pianista francês Jean Christoph Cholet.

Foi membro do conselho do SMS 2005-2009 (Swiss Music Syndicate). Fundou em 2006 a AMIT (Associação para a música improvisada em Ticino – na região Sul da Suíça), da qual foi presidente de 2006 a 2014. Uma das suas competências é a ligação entre diferentes países através da transculturação dos eventos. Em 2014 H. Kramer foi galardoada com o “Swiss Jazz Price 2014”.

Hilaria Kramer vive em Portugal desde 2013. Trabalha actualmente em diversos projectos portugueses (Mainstream Jazz, Modern Jazz e até mesmo música Contemporânea e Instant Composed Music) com veteranos do Jazz Português como Carlos Zingaro, Zé Eduardo, Miguel Mira e outros.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.