Unidades de Saúde alargam horário de funcionamento

15

A Administração Regional de Saúde do Algarve informa que as unidades de Cuidados de Saúde Primários de Portimão, Lagoa, Silves, Faro e Olhão, alargaram o horário de funcionamento da Consulta aberta, Consulta do Recurso do Dia, até às 22 horas.

A implementação do Plano regional de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas, é reforçada a prestação de cuidados de saúde à população, nomeadamente, nos casos de doença aguda, como gripe e infeções respiratórias.

Todas as unidades de saúde da região estão preparadas para, em caso de necessidade, responder de forma articulada a um eventual aumento de afluência de utentes aos seus serviços.

A ARS Algarve recomenda que no caso de sentir os primeiros sintomas de gripe, como tosse, dores de cabeça, febre, mal-estar e dores musculares, deverá contactar a linha de Saúde 24 (808 24 24 24) que o encaminhará para o serviço de saúde mais adequado.

A ARS Algarve reforça, ainda, a importância da vacinação contra a gripe como a melhor prevenção, sobretudo em relação às complicações graves, para as pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, e para as pessoas pertencentes a grupos de risco ex: doentes crónicos e imunodeprimidos, com seis ou mais meses de idade, grávidas, profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados.

Unidades de Saúde com horário de funcionamento alargado até às 22.00 horas:

 Centro de Saúde de Portimão – das 8:00H às 22:00H – Todos os dias da semana.
 Centro de Saúde Lagoa – das 14:00H às 22:00H – De 2.ª a 6.ª feira;
 Centro de Saúde de Silves – das 8:00H às 22:00H – Todos os dias da semana.
 Centro de Saúde de Olhão das 9:00H às 22:00H – Todos os dias da semana.
 Centro de Saúde de Faro das 9:00H às 22:00H – Todos os dias da semana.

No âmbito do plano regional de contingência, o Conselho Diretivo da ARS Algarve, em articulação com os três Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES Barlavento; ACES Central; ACES Sotavento) da sua área de influência e o Centro Hospitalar do Algarve, EPE, que integra as unidades hospitalares de Faro, de Portimão, de Lagos e os Serviços de Urgência Básicos de Albufeira, Loulé e Vila Real de Santo António, encontram-se a monitorizar a afluência às respetivas unidades de cuidados de saúde primários e serviços de urgência hospitalar de modo a avaliar a necessidade de reforço de recursos humanos ou alargamento de horário, para fazer face a um eventual acréscimo/fluxo de utentes aos serviços de saúde e responder atempadamente à possibilidade de um pico do surto gripal.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.