Turismo e Cultura participam na criação da "Rota Omíada"! - Algarlife Turismo e Cultura participam na criação da "Rota Omíada"! - Algarlife

Turismo e Cultura participam na criação da “Rota Omíada”!

Se ainda não ouviu falar da dinastia árabe omíada e do seu legado na área do Mediterrâneo, agora é o momento certo. Sete países, incluindo Portugal, estão a criar uma grande rota em torno do tema para contar a história daquele império no mundo. O Algarve é o representante português neste itinerário transfronteiriço que poderá ser percorrido a partir do próximo ano.

«Umayyad» ou «Rota Omíada» é o nome do percurso turístico que junta sete países ligados ao Mediterrâneo – Itália, Tunísia, Egito, Jordânia, Líbano, Espanha (Andaluzia) e Portugal (Algarve) – e um património comum a todos eles: a herança dos omíadas. Os turistas atraídos pela oferta cultural e de natureza vão ter assim mais motivos para viajar em 2015, ano em que este projeto cofinanciado pela União Europeia ficará concluído.

E o que poderão ver os visitantes quando atravessarem a rota internacional? Mesquitas, palácios, fachadas de edifícios, pormenores arquitetónicos como cúpulas e monumentos que ajudarão a explicar quem foram os omíadas, através da pegada patrimonial por eles deixada. Na região algarvia, onde terão governado de 711 a 1031, a rota abrange 11 municípios, num total de 36 localidades. Entre o conjunto de 15 bens inventariados no Algarve estão por exemplo os jogos de tabuleiro omíadas do núcleo de arqueologia do castelo de Alcoutim, o castelo velho desse município e o pano de muralha no castelo de Silves.

«A representação portuguesa no projeto Umayyad é assegurada pelo Algarve, em particular através da intervenção conjunta da Região de Turismo do Algarve [RTA] e da Direção Regional de Cultura, que lideram o grupo de suporte local que ajudará a implementar o itinerário na região. Estamos empenhados por acreditarmos que ele será um excelente pretexto para chamarmos mais turistas para o Algarve, que passará a estar ligado aos restantes seis países que integram a rota, o que é ótimo para aumentar a visibilidade do destino», afirma o presidente da RTA, Desidério Silva.

O projeto arrancou em 2013 e entra agora na sua fase final, com a sinalização no terreno, o desenvolvimento de materiais de apoio à rota, o carregamento de conteúdos no sítio oficial, em http://umayyad.eu, e a promoção além-fronteiras do itinerário. Tudo para que até ao fim de 2015 já seja possível pôr os pés na primeira rota omíada do mundo.

Segundo Desidério Silva, a Umayyad «desempenhará ainda um papel importante na diversificação da oferta turística e na atenuação da sazonalidade do turismo no Algarve e no mediterrâneo», conclui.

A Rota Omíada é liderada pela fundação «El Legado Andalusí» e financiada pelo programa European Neighborhood and Partnership Instrument (ENPI), no âmbito da Cross-Border Cooperation in the Mediterranean.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »