Transportes: Ferrovia e trafego na A22 e A2 em crescimeno! - Algarlife Transportes: Ferrovia e trafego na A22 e A2 em crescimeno! - Algarlife

Transportes: Ferrovia e trafego na A22 e A2 em crescimeno!

A área de transportes no Algarve, registou no primeiro trimestre de 2014, um aumento significativo de passageiros na ferrovia e uma consolidação dos fluxos nos principais eixos de tráfego rodoviário, enquanto o transporte fluvial e coletivo de passagiros, apresentaram alguma quebra, segundo dados divulgados pela CCDR Algarve.

Na ferrovia, tanto o sistema regional como o de longo curso, beneficiaram de um aumento significativo de passageiros, com valores de crescimento na ordem dos 9,2% na linha Lagos/V. R. de Santo António e 12,4% nos serviços Alfa e Intercidades, quando comparados os dados com período homólogo de 2013.

Nos principais eixos rodoviários, o Tráfego Médio Diário (TMD), apresentava no troço A2 “Almodôvar / S. B. Messines” um registo de 4.634 veículos, correspondendo a um aumento de 1,0%, enquanto na A22, o TMD situou-se nos 5.336 veículos, o que corresponde a um aumento de 5,1% em relação ao trimestre homólogo.

O transporte fluvial/marítimo na Ria Formosa, sofreu um decréscimo no número de passageiros transportados, na ordem dos 48,1%, enquanto a travessia do Guadiana, Vila Real de Santo António/Ayamonte, também viu o transporte de passageiros sofrer uma quebra de 10%, relativamente ao trimestre homólogo de 2013.

O transporte colectivo rodoviário reistou no primeiro trimestre do ano, 1.107.581 passageiros nas ligações urbanas regionais, menos 7,0% do que no trimestre homólogo, mas as ligações inter-urbanas regionais cresceram 9,7%, ao transportarem um total de 1.536.294 passageiros.

As ligações inter-regionais no transporte coletivo rodoviário, asseguraram 127.646 passageiros, menos 9,2%, enquanto as ligações internacionais, carreira Lagos/Sevilha, transportaram um total de 3.184 passageiros, menos 13,0% relativamente ao trimestre homólogo anterior.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »