Recomendações para um envelhecimento Ativo e Saudável

13

Região Europeia de Referência apresenta novas recomendações para um envelhecimento ativo e saudável dos portugueses

envelhecimento ativo e saudável 300 _abO consórcio nacional Ageing@Coimbra, região europeia de referência para o envelhecimento Ativo e Saudável, e membro da Comunidade da Inovação e Conhecimento (KIC) em saúde e bem-estar (EIT Health), apresentou esta quarta feira um conjunto de novas recomendações para um envelhecimento ativo e saudável dos portugueses.

O anúncio decorreu na Assembleia da Republica no âmbito de um debate que contou com a participação de deputados, membros do parlamento e de entidades das áreas sociais, de saúde e sociedade civil.

Estas orientações para a promoção da saúde e bem-estar do envelhecimento ativo na população portuguesa visam potenciar condições para estimular políticas, criar, implementar e replicar boas-práticas promotoras do envelhecimento ativo e saudável.

As recomendações passam por algumas medidas preventivas e de promoção de saúde sempre com vista, para lá de uma maior esperança de vida, a uma vida melhor, ativa e saudável, adaptada à idade avançada.

Prevenção da fragilidade física, prevenção da fragilidade cognitiva, promoção de uma vida social ativa com atividades intergeracionais e rastreios cognitivos, incluindo a implementação de políticas de apoio a cuidadores e pacientes com demência, a prevenção da fragilidade imunitária que inclui a promoção de políticas de prevenção da doença para o envelhecimento saudável, com programas de vacinação ao longo da vida, promoção da adesão à terapêutica, prevenindo a polimedicação desadequada, promoção de soluções integradas de saúde e assistência social, promoção de políticas conducentes à criação de espaços e serviços amigos do idoso e promoção da investigação e do conhecimento sobre o envelhecimento.

De acordo com diferentes estudos populacionais, a faixa etária da população com e mais de 65 anos representará entre 35% a 43% da população nacional, até 2060.

Foi recentemente apresentada, no âmbito do novo Plano Nacional de Saúde, uma meta de aumento de 30% da esperança de vida saudável aos 65 anos em 2020. O envelhecimento ativo e saudável é assim um desafio da sociedade e elemento nuclear conducente à dignidade da condição humana.

O Ageing@Coimbra, com estas novas recomendações, pretende contribuir para melhorar a vida dos cidadãos idosos através de melhores serviços sociais e cuidados de saúde, assim como pela criação de novos produtos e serviços inovadores que promovam melhor diagnóstico e terapêutica, bem como a vida ativa e independente.

Acerca do Ageing@Coimbra:

O Ageing@Coimbra é um consórcio, coordenado pela Universidade de Coimbra numa parceria institucional com a Câmara Municipal de Coimbra, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, a Administração Regional de Saúde do Centro e o Instituto Pedro Nunes – Associação para a Inovação e Desenvolvimento em Ciência e Tecnologia), formado por entidades ligadas à saúde e à cidadania, centradas na formação, inovação e intervenção, que visa a valorização do papel do idoso na sociedade e a aplicação de boas práticas em prol do envelhecimento ativo e saudável.

O consórcio Ageing@Coimbra fomenta o cruzamento de diversas áreas do saber, fertilizando inovação e empreendedorismo, respondendo aos desafios de saúde e bem-estar de uma população envelhecida, criando oportunidades de negócio e emprego qualificado para a população jovem.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.