Ocupação Hotelaria no Algarve cai 60% em Julho - Algarlife Ocupação Hotelaria no Algarve cai 60% em Julho - Algarlife
Ocupação Hotelaria no Algarve cai 60% em Julho

Ocupação Hotelaria no Algarve cai 60% em Julho

O Turismo do Algarve, enfrenta a maior crise da sua história, provocada pelo efeito pandémico e agravada pela decisão extremista do Governo Inglês, o principal mercado para a região. Os dados de Julho, comparados com o mesmo mês homólogo, por exemplo, ficarão para a história, como a maior crise de sempre a atingir a principal região turística portuguesa.

Relativamente a 2019, no mês de Julho de 2020, a taxa de ocupação global média por quarto na hotelaria da região, foi 33,2%, 60,2% abaixo do valor registado em 2019, segundo os dados provisórios divulgados pela AHETA.

O mercado britânico foi o que mais contribuiu para a descida verificada (-91,1%), seguido pelo irlandês (‑91,9%), alemão (-58,9%) e pelo holandês (-67,3%).

O mercado nacional foi o que apresentou a menor descida, (-8,3%), tendo representado 61,1% do total das dormidas.

Cerca de 22% das camas classificadas permaneceram encerradas, pelo que a percentagem de empreendimentos que ainda não reabriram é bastante superior.

O volume de vendas apresentou uma descida face ao mesmo mês do ano anterior de 66%.

Em valores acumulados, a ocupação cama regista uma descida média de -62,9% desde Janeiro e o volume de vendas uma descida de -61,8%.

Fonte: AHETA




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.