O Algarve reclama simplificação de processos nos apoios - Algarlife O Algarve reclama simplificação de processos nos apoios - Algarlife
O Algarve reclama simplificação de processos nos apoios

O Algarve reclama simplificação de processos nos apoios

Os empresários do Algarve criticam a falta de apoios específicos para região, a que acresce a ausência de perspetivas para reabrir fronteiras e o transporte aéreo, são queixas feitas no sábado, durante o webinar que juntou micro, pequenos e médios empresários do distrito de Faro, afetados pela pandemia.

A paralisação da atividade turística está a descapitalizar as empresas, que enfrentam sérias dificuldades, com os representantes de agências de viagens, de aluguer de automóveis ou de alojamento local, a mostraram-se críticos dos mecanismos de apoio criados pelo Governo.

A maior crítica, vai para a tremenda complexidade de processos e conflito entre os diferentes apoios, que os empresários tem de enfrentar, sem compreenderem muito bem como organizar as candidaturas.

Para os empresários presentes nesta conferência online, a multiplicidade de apoios existentes criou um jogo de “empurra”, que umas vezes beneficia uns setores e deixa outros de fora, o que deixa empresários ou contabilistas, confusos e preocupados, porque correm o risco de impossibilitar candidaturas a outros apoios.

O Algarve é uma zona essencialmente turística, por isso, se não há voos, não há turistas, daí, o desemprego em massa agudiza-se, o que leva os empresários da região a reclamar a simplificação de processos, tendo em atenção a especificidade da economia algarvia, que é muito dependente do turismo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »