Lagos cria Zonas de Apoio à População COVID 19 - Algarlife Lagos cria Zonas de Apoio à População COVID 19 - Algarlife

Lagos cria Zonas de Apoio à População COVID 19

O Executivo Municipal de Lagos está empenhado em responder às necessidades em termos de saúde público, neste período de mitigação do vírus COVID-19, promovendo a prevenção da pandemia e na criação das melhores condições de despiste do novo coronavirus.

No âmbito dessa ação, foi instalado no Pavilhão Municipal, uma Zona de Apoio à População (ZAP), um equipamento com 250 camas, devidamente validada e vistoriada pela Delegada de Saúde e aprovada pela Proteção Civil Distrital, preparado para acolher doentes infetados, isolando-os do contacto com familiares próximos e da população em geral.

Este espaço foi criado com as exigiveis condições de higiene e segurança, conforto e privacidade, tendo sido construído em módulos individuais na forma de quartos autónomos.

Para além desta ZAP, foram igualmente criadas na áreas rurais do concelho, espaços com camas para atender os casos que possam surgir, nessas áreas.

Na Freguesia de Bensafrim estão disponíveis 12 camas, em Barão de São João 16 camas, no Parque de Campismo Turiscampo, em Espiche, estão disponíveis, em bungalows, 130 casas. No Clube Desportivo de Odiáxere e Sede do Rancho Folclórico foram criadas zonas com 40 camas.

Para além destes espaços, também vão ser disponibilizados alojamentos aos profissionais de saúde, das forças e serviços de segurança e de socorro, cuja mobilização para o serviço de prontidão obste a que possam regressar às suas casas e ainda destinadas à população em geral no que respeita ao isolamento preventivo, para casos suspeitos de COVID-19 e outras ao isolamento. Integram este quadro o Motel Âncora (120 camas), a Pousada da Juventude de Lagos (58 camas), o Hotel Sensation Guest House (10 camas), a Messe Militar – Edifício Infante (65 camas) e Edifício D. Sebastião (100 camas).

Para além destas ZAP’s a autarquia lacobrigense empenhou-se também em promover a criação de Áreas Dedicadas ao COVID-19 (ADC’s). Estas áreas destinam-se apenas a atendimento de utentes suspeitos de ter contraído infeção pelo COVID-19, e está localizada na área do Centro de Saúde, funcionando numa área separada do atendimento normal/diário.

A unidade de colheitas para a realização de testes de despiste, fora do ambiente clínico ou hospitalar, também já se encontra em funcionamento e está situada no parque de estacionamento da Escola das Naus.

O objetivo destes espaços, é testar doentes fora de meio hospitalar, em condições de conforto e segurança coletiva e ainda de aliviar o afluxo de potenciais suspeitos portadores de COVID-19 aos hospitais, permitindo que os suspeitos de infeção previamente referenciados pelo Serviço Nacional de Saúde, se desloquem até ao ponto de recolha sem haver contacto com outras pessoas, levando à redução do risco de infeção em cada colheita.

Estado de emergência. Cuide de si e dos outros. Fique em casa!




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »