Lagoa: Votação do Orçamento Participativo 2016 - Algarlife Lagoa: Votação do Orçamento Participativo 2016 - Algarlife

Lagoa: Votação do Orçamento Participativo 2016

Estão em votação até 10 de Setembro, em Lagoa, as oito propostas do “Orçamento Participativo”, iniciativa que permite a intervenção dos munícipes na gestão dos dinheiros públicos.

Os munícipes com mais de 18 anos, tem a oportunidade de votar digitalmente, duas das oito propostas selecionadas nos Encontros de Participação, nos locais instalados nas Uniões e Juntas de Freguesia e nos CTT de Ferragudo.

Os cidadãos, votam as duas propostas que na sua perspetiva são prioritárias, exercendo desse modo um dos direitos de cidadania, numa perspetiva de melhoria da sua qualidade de vida e imagem da sua terra.

Considerando que o valor já deliberado pela Câmara Municipal para a execução das obras do OP 2016 é de 300 mil euros, do processo de votação sairão vencedoras as propostas mais votadas que, no seu conjunto, perfaçam este valor.

Após avaliação técnica de 19 propostas selecionadas nos Encontros Participativos que decorreram de maio a Julho em Ferragudo, Parchal, Estômbar, Lagoa, Carvoeiro e Porches, a Comissão Técnica selecionou as 8 que cumpriam os critérios de seleção contidos no regulamento:

– P1: Ciclovia entre Senhora da Rocha e Armação de Pera;
– P4: Pavimentação da estrada no Sítio das Travessadas (União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro);
– P5: Aquisição de carrinha para o Centro Sénior de Carvoeiro e apoio à população;
– P9: Abastecimento de água nas zonas das Cercas, Urzais e Lobito (Lagoa);
– P10: Cobertura/sombreamento e requalificação do polidesportivo da Mexilhoeira da Carregação e respetivos balneários;
– P11: Requalificação do parque infantil da Mexilhoeira da Carregação (junto ao rio);
– P12: Substituição dos contentores do lixo por ilhas ecológicas na urbanização da Fazenda Grande e Quinta de S. Pedro;
– P18: Asfaltagem do caminho entre o “restaurante Piano Garden” até Vale da Canada (Ferragudo).

O Orçamento Participativo de Lagoa que já vai na sua terceira edição, está previsto na Constituição e faz parte da promessa eleitoral do executivo municipal, que o Presidente Francisco Martins assumiu, desde logo, ser uma prioridade na definição da política de cidadania ativa no Concelho de Lagoa, levando os cidadãos a participarem, no processo, escolhendo o que acharem melhor para si e para a sua terra.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »