Lagoa comemorou no passado sábado os 243 anos da Fundação do Concelho

Lagoa comemorou os 243 anos da Fundação do Concelho!

12

Lagoa comemorou no passado sábado (16) os 243 anos da Fundação do Concelho, com um programa que incluiu o descerramento da placa comemorativa, uma conferência no Auditório do Convento de São José, uma exposição temática, a apresentação da nova marca “Lagoa do Algarve” e o concerto de Paulo Gonzo no Auditório Municipal.

A nova Marca “Lagoa do Algarve”

A nova Marca “Lagoa do Algarve”

A placa comemorativa em azulejo com cópia da carta Régia da concessão do alvará pelo Rei D. José em 1773, foi descerrda pelos Presidentes da Assembleia e da Câmara Municipal, José Águas da Cruz e Francisco Martins, acompanhados pelo restante executivo e outros autarcas, convidados e população em geral.

O Auditório do Convento de São José recebia à tarde, a primeira conferência do Ciclo de Conferências do Património Histórico-Arqueológico do Concelho de Lagoa, “Ad Praeteritum, para o Passado”, que contou com as intervenções de Alexandra Rodrigues, Diretora Regional da Cultura, Vereadora Anabela Simão, em representação do Presidente da Câmara Municipal e Andreia Fidalgo, da Universidade do Algarve, oradora da conferência.

A inauguração da exposição “A identidade do Algarve: Forais, Alvarás e Cartas Régias”, numa parceria entre a RAalg – Rede de Arquivos do Algarve e a Câmara Municipal de Lagoa e que estará patente até 26 de fevereiro nas celas do Convento de São José, foi mais um dos momentos das celebrações.

À noite, com Auditório Municipal completamente esgotado e antes do concerto de Paulo Gonzo, foram assinalados os 243 anos da Fundação do Concelho de Lagoa, com o anúncio do tema para 2016, “A Nossa Gente | A Nossa Identidade” e a apresentação da nova imagem de marca do Concelho, “Lagoa do Algarve” que, em termos de identidade visual, representa vários elementos, localização, coração, água (Lagoa) e tempo.

O coração palpita à descoberta de Lagoa, bombeando a água que lhe corre nas entranhas e parando o tempo com o seu movimento.

Na sua intervenção, o Presidente Francisco Martins, destacou o facto de Lagoa ser um Concelho moderno, centro das atenções de quem o visita e de quem ali vive e ajuda a construir a identidade e cidadania, que se abre ao mundo em 2016, em duas vertentes de socialização: “A Nossa Gente, A Nossa Identidade” com o programa apresentado e o facto de Lagoa ter sido escolhida como “Cidade do Vinho 2016”, distinção que premeia a história de um povo que soube produzir alguns dos melhores néctares vinícolas.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.