Horizonte 2020 impulsiona Investigadores e Empresários!

0

As Ações Marie Skłodowska-Curie (MSCA), para financiamento de bolsas de investigação, e o Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (IET) terão um reforço na dotação de verbas, uma decisão tomada pelo Parlamento Europeu, no âmbito do programa «Horizonte 2020», destinado a apoiar a investigação e a inovação.

Androulla Vassiliou a Comissária Europeia para a Educação, Cultura, Multilinguismo e Juventude, responsável pela MSCA e pelo IET considera que esta decisão do Parlamento Europeu é «um impulso vigoroso em prol da investigação europeia e dos futuros empresários».

«Com o Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia e as Ações Marie Skłodowska-Curie, a UE está a aumentar significativamente o seu investimento nas pessoas que têm os conhecimentos e o talento para inovar e mudar vidas. É uma excelente notícia para a comunidade de investigadores e para os empresários do IET de amanhã,» afirmou a Comissária Androulla Vassiliou.

As MSCA darão apoio aos investigadores em todas as fases da sua carreira, independentemente da sua nacionalidade. Investigadores de todas as disciplinas, desde os cuidados de saúde de emergência à investigação científica fundamental aberta («blue-sky»), serão elegíveis para receber o financiamento. As MSCA apoiarão também os doutoramentos no domínio da indústria, que combinam a investigação académica e o trabalho nas empresas, bem como outros tipos de formação inovadora que reforcem a empregabilidade e a progressão na carreira.

O IET terá um papel essencial a desempenhar no crescimento dinâmico e inovador da Europa, colmatando lacunas entre o ensino superior, a investigação e as empresas, bem como dando apoio às novas empresas e à formação pós-graduada especializada. Opera através de Comunidades de Conhecimento e Inovação (CCI), que constituem um conceito pioneiro de parcerias transnacionais público-privadas. Para além das três CCI existentes dedicadas ao clima, às TIC e à energia, o IET irá lançar cinco novas CCI entre 2014 e 2020, nos domínios da vida saudável e do envelhecimento ativo (2014), matérias-primas (2014), alimentação para o futuro (2016), produção de valor acrescentado (2016) e mobilidade urbana (2018).

[box type=”shadow” align=”aligncenter” width=”620″ ]O Programa Horizonte 2020 foi recentemente apresentado na Universidade do Algarve, numa iniciativa do Gabinete de Promoção do Programa-Quadro (GPPQ) da Fundação para a Ciência e Tecnologia.[/box]




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.