Grupo Vila Galé gerou receitas de 170M€ em 2016 - Algarlife Grupo Vila Galé gerou receitas de 170M€ em 2016 - Algarlife

Grupo Vila Galé gerou receitas de 170M€ em 2016

O Grupo hoteleiro Vila Galé, obteve receitas de 170,5 milhões de euros em 2016, resultante da atividade dos 27 hotéis, situados, 20 em Portugal e 7 no Brasil.

Em Portugal as 20 unidades do grupo, gerou um volume de negócios de 93,6 milhões de euros, mais 15% do que em 2016. Excluindo o impacto dos hotéis Vila Galé Évora e Vila Galé Douro, que abriram apenas em abril e junho de 2015, respetivamente, as receitas dos restantes 18 hotéis Vila Galé em 2016 ascenderam a 88,9 milhões de euros (+13%).

No ano passado, o grupo registou cerca de 939 mil quartos ocupados nas unidades do grupo em Portugal, um aumento de 9% comparativamente a 2015. Sem o Vila Galé Évora e Vila Galé Douro, esse aumento foi de 7,3%, para 894 mil quartos ocupados.

Os clientes portugueses representaram 30% dos quartos ocupados. Quanto aos mercados estrangeiros, destacaram-se o Reino Unido, Alemanha e Espanha.

Relativamente aos sete hotéis Vila Galé no Brasil, somaram receitas totais de 261,4 milhões de reais (77 milhões de euros), o que significa uma subida de 6% face a 2015. Neste país, contabilizaram-se ao longo do ano passado 508 mil quartos ocupados, número idêntico ao registado no exercício anterior.

Atualmente, a operação das unidades Vila Galé no Brasil que reune quatro resorts e três hotéis de cidade, pesa 45% no volume de negócios total do grupo, com 90% da ocupação proveniente do mercado interno brasileiro.

Segundo a Vila Galé, este ano ficará marcado pelo arranque das obras de duas novas unidades. Em Portugal, já está a ser construído o Vila Galé Sintra, que inclui um hotel com 180 unidades de alojamento entre quartos e apartamentos, área de convenções e um spa com diversas valências médicas, representando um investimento de 25 milhões de euros.

No Brasil, é lançada a 31 de janeiro a primeira pedra do resort Vila Galé Touros, em Touros no Rio Grande do Norte, com 500 quartos, três restaurantes, spa Satsanga e centro de convenções, entre outras valências, num investimento de 100 milhões de reais (28 milhões de euros). Ambos os projetos têm conclusão prevista para 2018.

Também a avançar está já o Vila Galé Porto Ribeira, no Cais das Pedras, na zona da Ribeira do Porto, que deverá estar pronto entre o final de 2017 e o início de 2018. Será um quatro estrelas de charme, com 67 quartos e um investimento de sete milhões de euros.

A Vila Galé tem ainda em carteira as unidades de Bragas, Elvas e Serra da Estrela, que estão em fase de licenciamento.

Em 2017, tal como acontece todos os anos, o grupo está também já a executar renovações nalgumas das suas unidades hoteleiras, que representam um investimento entre cinco a seis milhões de euros e deverão estar concluídas até final de abril.

A construção de piscinas infantis no Vila Galé Cascais e Albacora, a introdução de showcooking nos hotéis Vila Galé Douro, Collection Palácio dos Arcos, Praia e Tavira, a edificação de uma capela no Clube de Campo ou a renovação de clube de saúde do Vila Galé Ópera serão algumas das novidades.

Este ano, a Vila Galé apostará ainda em novas áreas de negócios, como por exemplo, a realização de casamentos e o alargamento da oferta para crianças com o lançamento das festas de aniversário Nep ou das massagens infantis. O turismo equestre passa também a fazer parte das atividades disponíveis no Vila Galé Clube de Campo, em Beja.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »