Exercício de Proteção Civil “Intempéries 2014” em Portimão - Algarlife Exercício de Proteção Civil “Intempéries 2014” em Portimão - Algarlife

Exercício de Proteção Civil “Intempéries 2014” em Portimão

Decorreu esta quarta feira (26) em Portimão, o exercício “Intempéries 2014”, que visava testar e exercitar o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil de Portimão (PME) e a resposta dos agentes de proteção civil a uma tempestade de efeitos destruidores.

Os cerca de 100 elementos que participaram neste exercício, que compreendia a simulação de uma tempestade geradora de elevados danos materiais e humanos, teve início com a convocação da Comissão Municipal de Proteção Civil, que após avaliação, avançou com as medidas mais indicadas, coordenando e dirigindo as operações de salvamento, proteção e socorro.

Os cenários foram repartidos por todo o município na modalidade de “Comand Post Exercise” e LivEx com meios reais, que envolveram simulação de acidentes com viaturas, colaboração de rádio amadores, intervenção dos bombeiros e participação da GNR.

A PSP, as Forças Armadas, a Autoridade Marítima local, as estruturas na área da Saúde e os vários serviços de Segurança Social e Solidariedade, foram outras das entidades que participaram de forma ativa, no “Intempéries 2014”, assim bem como a Portugal Telecom, a EDP e a Medigás.

Segundo o comunicado da autarquia, “no final do “Intempéries 2014”, os representantes das entidades participantes foram unânimes em proceder a um balanço positivo, apontando algumas situações pontuais a melhorar em futuros exercícios, tendo sido destacada a capacidade que os intervenientes evidenciaram em termos de adaptação às circunstâncias”.

Ainda e na continuação do comunicado, é referido que “a atuação dos vários agentes de proteção civil locais durante a emergência foi considerada correta e eficiente, demonstrando que estão preparados, treinados e sensibilizados para as necessidades de resposta em caso de sinistro, com capacidade de disponibilizar os meios, humanos e materiais, adequados e suficientes e de agir de forma coordenada nas diferentes situações”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.