Concerto de Órgão na Igreja Matriz de Boliqueime - Algarlife Concerto de Órgão na Igreja Matriz de Boliqueime - Algarlife
Concerto de Órgão na Igreja Matriz de Boliqueime

Concerto de Órgão na Igreja Matriz de Boliqueime

O próximo concerto do Festival de Órgão do Algarve, tem lugar na Igreja Matriz de Boliqueime, na sexta-feira 4 de novembro às 21h30, com a participação de João Paulo Janeiro.

João Paulo Janeiro

João Paulo Janeiro

O músico reparte a sua atividade entre a investigação, concertos, gravações e a docência. Em Lisboa estudou cravo, órgão, clavicórdio e musicologia histórica. É fundador e diretor de vários agrupamentos e festivais. Colaborou com orquestras portuguesas e estrangeiras e gravou diversos CD em órgãos e instrumentos de tecla históricos.

Participou em vários festivais de música em Portugal, Espanha, Itália, Alemanha, como solista ou diretor musical. Realizou o Inventário de Órgãos Históricos do Alentejo e coordenou processos de restauro. Leciona cravo, música de câmara e baixo contínuo e as classes de interpretação histórica na ESART-Instituto Politécnico de Castelo Branco e de órgão na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo.

O programa de concerto de João Paulo Janeiro tem como mote “A dança como matriz no repertório organístico”. Propõe uma visita de sentido cronológico a algumas das contaminações positivas da dança que encontramos nos reportórios para tecla, em particular, do órgão. Nesta visita percorre-se várias escolas, várias épocas e também várias tipologias rítmicas de dança.

O concerto seguinte na Igreja Matriz de Boliqueime tem lugar a 18 de Novembro às 21h30, com o organista Nuno Alexandrino.

O Festival de Órgão do Algarve – 2016 é organizado pela Associação Cultural Música XXI. Conta com os apoios da Direção Regional de Cultura do Algarve e dos Municípios de Faro, Loulé, Tavira e Portimão, com o apoio à divulgação da Região de Turismo do Algarve e com os parceiros de comunicação Antena 2, Sul Informação e Rua FM.

Página FB: https://www.facebook.com/festivalorgaoalgarve/




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.