Celina da Piedade com ‘Cante de Ervas’ em São Brás de Alportel!

12

“Cante de Ervas” é o espetáculo de Celina da Piedade,  que este sábado abre em São Brás de Alportel, as Comemorações que assinalam o Dia Internacional da Música, evento que terá lugar no Cineteatro (21:30), numa iniciativa da Associação Cultural Sambrasense.

Celebrado um pouco por todo o mundo com o objetivo de promover a diversidade musical, o Dia Internacional da Música é acarinhado em São Brás de Alportel, com um conjunto de espetáculos que pretendem valorizar a música enquanto motor de enriquecimento cultural.

Neste espetáculo, a música tradicional sobe ao palco do Cineteatro pela voz de Celina da Piedade, que vem partilhar o seu mais recente trabalho discográfico “Cante de Ervas”, um disco temático, focado em temas do Cancioneiro do Baixo Alentejo e do Algarve dedicados às ervas aromáticas.

Considerada como uma das mais talentosas acordeonistas da atualidade, Celina da Piedade destacou-se ao trabalhar com grandes nomes das músicas do mundo, tais como Rodrigo Leão, Mayra Andrade, Ludovico Einaudi ou Kepa Junquera.

Atualmente Celina dedica-se ativamente ao estudo e divulgação do património musical alentejano, liderando tertúlias, formações e diversas edições sobre a dança e a música tradicional.

Este espetáculo para todas as idades, organizado pela Associação Cultural Sambrasense, conta com o apoio da Câmara Municipal, Junta de Freguesia de São Brás de Alportel e Instituto Português do Desporto e da Juventude, apresenta uma duração de cerca de 60 minutos e um custo simbólico de 2,00 €.

No domingo, dia 5, as celebrações prosseguem ao som da Banda Filarmónica de São Brás de Alportel, num espetáculo dedicado aos seniores da Santa Casa da Misericórdia de São Brás de Alportel, com início pelas 16h30.

O lançamento do primeiro trabalho discográfico do são-brasense Ricardo Martins encerra as Comemorações do Dia Internacional da Música, no próximo dia 18.
Intitulado “Ricardo J. Martins“ este CD a apresentar no Cineteatro São Brás, pelas 21h30, revela diversos originais, versões com arranjos e adaptações de temas fora do ambiente do fado e da guitarra portuguesa, numa surpreendente mostra musical de qualidade.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.