As Escolas estão a servir milhares de refeições

As Escolas estão a servir milhares de refeições

22

As cerca de 700 escolas de referência, abertas de norte a sul do país, em regime especial, que estão a acolher educandos, filhos de trabalhadores de serviços especiais, também estão a servir refeições a milhares de alunos carenciados.

Estas escolas encerrados temporáriamente para a atividade letiva, devido à situação epidemiológica que o país atravessa, estão a servir cerca de 5500 refeições por dia, segundo os dados do Ministério da Educação e de acordo com o relatório do Agrupamentos de Escolas (AE) dirigido à DGEstE, desde segunda-feira.

Lisboa e Vale do Tejo apresentam o maior número de solicitações, com uma média de 3500 refeições diárias, seguindo-se a região Centro com 800, a região Norte (650), a região do Alentejo (350) e a região do Algarve (cerca de 250).

Estas refeições estão a ser servidas pelo sistema de take away, ou consumo no refeitório da escola, respeitando o Plano de Contingência implementado, de acordo com as normas emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

As Autarquias também estão a colaborara nesta ação, entregando as refeições confecionadas pela escola, em casa dos alunos, confecionando refeições que são entregues na casa dos alunos, ou entregando um cabaz semanal às famílias, para as refeições dos alunos serem confecionadas em casa.

Estas escolas acolheram no mesmo período, cerca de uma centena de educandos, filhos de trabalhadores de serviços especiais. A região de Lisboa e Vale do Tejo acolheu mais de meia centena de alunos, a região Norte cerca de duas dezenas, 15 na região Centro e cerca de uma dezena no Alentejo e Algarve.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.