Ambifaro promove a iniciativa "Ativar a Baixa!"

Ambifaro promove nova edição da “Ativar a Baixa!”

9

A Ambifaro está a promover mais uma edição da iniciativa “Ativar a Baixa!”, que à semelhança das edições anteriores, pretende fomentar a revitalização e a dinamização da baixa de Faro, estimulando a criatividade, a inovação e o empreendedorismo, com a abertura de novos espaços comerciais em lojas que se encontram devolutas na zona comercial da Baixa da cidade.

A iniciativa “Ativar a Baixa” foi alvo de reconhecimento internacional em 2014, tendo sido uma das finalistas do prémio “City to City Barcelona FAD Award” que visa reconhecer projetos e iniciativas de caráter urbano que conduzem a transformações inovadoras na vida das cidades.

Para esta edição do “Ativar a Baixa” a seleção dos projetos será realizada através de concurso, dirigido a todos os cidadãos nacionais ou estrangeiros, dando especial atenção a produtos e serviços relacionados com sustentabilidade, ambiente, artes, artesanato, identidade local e/ou regional, inovação, criatividade, tradição e cultura, que potencialmente sejam uma mais-valia para o comércio local.

As candidaturas já se encontram abertas e podem ser formalizadas até ao dia 15 de fevereiro, com o preenchimento do formulário que se encontra na página electrónica da “Ambifaro” ou na sua página no facebook.

A organização convida ainda todos os proprietários de lojas que se encontrem devolutas a aderir a esta iniciativa, disponibilizando os seus espaços para este projeto através de um arrendamento a “custos controlados”. Para isso, deverão contactar a Ambifaro para formalizar o seu interesse na adesão a esta iniciativa.

A iniciativa “Ativar a Baixa” tem como parceiros estratégicos o Município de Faro, a Associação de Desenvolvimento Comercial da Zona Histórica de Faro e a FARO 1540 – Associação e Defesa e Promoção do Património Ambiental e Cultural de Faro.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.