Algarve registou 40,6% das dormidas nacionais em Agosto - Algarlife Algarve registou 40,6% das dormidas nacionais em Agosto - Algarlife

Algarve registou 40,6% das dormidas nacionais em Agosto

A hotelaria nacional registou no mês de Agosto um total de 2,3 milhões de hóspedes, o que resultou em 7,2 milhões de dormidas, com o Algarve a registar a maior procura com 40,6% das dormidas nacionais.

Percentualmente as dormidas aumentaram expressivamente no Norte (+13,6%) e Alentejo (+12,3%), no entanto registaram-se desacelerações face ao mês anterior em Lisboa (+2,0% e +4,1% em julho) e Madeira (+1,1% face a 6,5% no mês anterior) e mesmo uma inversão no Algarve (-1,4% e +4,2% em julho), região que mesmo assim registou a maior procura com 40,6% das dormidas, seguida por Lisboa com 20,3%, Norte 11,9% e Madeira 10,6%.

Os dez principais mercados emissores totalizaram 84,6% das dormidas de não residentes, quota similar à do mês homólogo de 2014 (84,3%).

O Reino Unido, com um peso relativo de 22,4% em agosto, aumentou as dormidas dos seus residentes em 7,5%. Este resultado ficou aquém do de julho (+11,8%), mas está em linha com junho (+7,3%) e com o acumulado de janeiro a agosto (+7,1%). Nos primeiros oito meses do ano este mercado representou 23,6% das dormidas de não residentes e 16,4% das dormidas totais no setor.
O mercado espanhol (18,5% do total) decresceu ligeiramente (-1,9%), após dois meses de incrementos ligeiros.

França apresentou uma evolução positiva (+2,0%), mas muito inferior às dos meses anteriores (+10,5% em julho e +14,4% em junho) e ao período acumulado de janeiro a agosto (+11,0%). A este mercado coube uma quota de 12,7%.

A Alemanha com uma quota de 10,7% registou um aumento assinalável de 13,0% de dormidas, próximo ao que se tem verificado nos últimos meses e ao acumulado de janeiro a agosto (+12,1%).
O Brasil e os Países Baixos apresentaram evoluções negativas, -10,9% e -0,8%, respetivamente.

No período de janeiro a agosto destaque para os aumentos da Itália com +20,4% e dos Estados Unidos que cresceram +15,5%.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.