Volta ao Algarve: Tony Martin venceu o Contrarrelógio!

11

A Volta ao Algarve mantem o mesmo camisola amarela, depois do contrarrelógio que hoje que se disputou numa distância de 19 Kms, entre Vila do Bispo e Sagres, prova em que o alemão Tony Martin (Etixx-QuickStep) teve de dar tudo o que tinha para vencer e o britânico Geraint Thomas (Sky) a fazer o terceiro melhor tempo, assegurando a camisola amarela que ontem vestiu em Monchique.

Tony Martin o campeão mundial da especialidade entre 2011 e 2013 foi o mais forte na etapa, pedalando à média de 52,174 km/h para cumprir o percurso em 21m51s. A vitória do germânico foi por uma unha negra, já que o campeão italiano de luta contra o tempo, Adriano Malori (Movistar), gastou apenas mais 403 milésimos de segundo.

Geraint Thomas alcançou o terceiro registo do dia, a 3 segundos do vencedor, e reforçou o estatuto de líder da competição. O ciclista da Sky permanece em posse da Camisola Amarela Liberty Seguros, tendo 30 segundos de vantagem sobre Tony Martin e 39 segundos de margem sobre o campeão mundial de fundo, Michal Kwiatkowski, dois homens da Etixx QuickStep, que preenchem o pódio da geral individual.

Tiago Machado (Katusha) foi o melhor português na etapa, terminando com o décimo registo, a 37 segundos de Martin. Na geral, o famalicense subiu ao sétimo lugar, a 1m07s de Thomas, podendo ainda aspirar ao pódio. “Atendendo ao percurso do contrarrelógio, penso que estive bem, dado que o perfil da estrada e o vento favoreciam homens mais pesados. Deixei tudo na estrada e agora resta-me descansar para amanhã, que será mais um dia chave”, afirmou Tiago Machado.

Geraint Thomas lidera a geral individual e as classificações por pontos e da montanha. Sebastian Henao (Sky) comanda a tabela dos mais jovens e a Etixx-QuickStep é a melhor equipa.

Mas tudo pode mudar no sábado, com a realização da etapa rainha da Volta ao Algarve com chegada ao Malhã. Os ciclistas vão enfrentar uma longa etapa de 218,3 quilómetros, com partida em Tavira às 10h50 e chegada prevista ao alto do Malhão as 16h00. A meta coincide com uma contagem de montanha de segunda categoria, que vai, provavelmente, determinar a classificação geral.

Classificção na etapa:

1.º Tony Martin (Etixx-QuickStep), 21m51s
2.º Adriano Malori (Movistar), mt
3.º Geraint Thomas (Sky), a 3s
4.º Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), a 9s
5.º Anton Vorobyev (Katusha), a 19s
6.º Jonathan Castroviejo (Movistar), a 26s
7.º Rein Taaramae (Astana), mt
8.º Luis León Sánchez (Astana), a 32s
9.º Sergei Chernetski (Katusha), a 34s
10.º Tiago Machado (Katusha), a 37s

Classificação geral:

1.º Geraint Thomas (Sky), 9h34m50s
2.º Tony Martin (Etixx-QuickStep), a 30s
3.º Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), a 39s
4.º Rein Taaramae (Astana), a 53s
5.º Luis León Sánchez (Astana), a 1m02s
6.º Sergei Chernetski (Katusha), a 1m04s
7.º Tiago Machado (Katusha), a 1m07s
8.º Zdenek Stybar (Etixx-QuickStep), a 1m31s
9.º Richie Porte (Sky), a 1m33s
10.º Rubén Fernández (Movistar), a 1m38s

Fonte e Foto: fpc




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.