Vítor Guerreiro reúne com Secretário de Estado das Infraestruturas

Vítor Guerreiro renova apelo à requalificação da EN2

12

Vítor Guerreiro, presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, reuniu hoje com o Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme W. d’Oliveira, a quem renovou a necessidade de serem efetuadas intervenções na Estrada Nacional n.º2 (EN2), consentâneas com as exigências do atual trafego rodoviário, a segurança e qualidade de vida das populações.

A EN2 conta com 71 anos de história e é de uma importância crucial na História de São Brás de Alportel, que à sua existência muito deve da sua origem como povoação, a sua formação e crescimento como concelho.

Vítor Guerreiro, reiterou junto do Secretário de Estado das Infraestruturas a urgência de ser realizada a requalificação da EN2 desde São Brás de Alportel até ao nó de ligação da Via do Infante, uma obra que se assume como fundamental para melhorar a segurança rodoviária e para melhorar o acesso do concelho à Via do Infante, um investimento vital para a atratividade e o desenvolvimento económico do território.

Conhecida que é a suspensão da variante São Brás de Alportel – Via do Infante, anteriormente integrada no projeto de Requalificação da EN125, e conhecidos que são os constrangimentos do país, Vítor Guerreiro defende a realização em alternativa de um conjunto de intervenções pontuais mas que articuladas permitem cumprir os objetivos pretendidos e corresponder às expetativas geradas em termos de aumento da qualidade de vida das populações e do desenvolvimento económico do concelho: a criação de uma segunda faixa em algumas zonas, para facilitar a circulação e a segurança; a criação de uma rotunda no cruzamento da EN2 com o acesso a Faro e à Via do Infante; e ainda a retificação de algumas curvas consideradas mais perigosas e a criação de condições para uma circulação em segurança de peões no sítio de Machados.

Vítor Guerreiro ouviu o Secretário de Estado das Infraestruturas assumir o interesse na proposta apresentada e o equacionar da realização do estudo das intervenções solicitadas ainda no decurso de 2016, reconhecendo a urgência das mesmas, de modo a que em 2017 algumas destas sejam já uma realidade.

Estas intervenções são fundamentais como argumenta o edil são-brasense “dado que infelizmente o projeto de criação de um acesso direto de São Brás à Via do Infante que havia sido integrado no projeto global de requalificação da EN125 teve que ser retirado da empreitada, e porque somos sempre defensores de um gestão rigorosa dos recursos financeiros públicos, pensamos que esta é uma proposta viável, exequível e sustentável”.

Para o edil, “Com um investimento muito mais baixo, poderemos vir a melhorar significativamente a segurança rodoviária e melhorar o acesso a São Brás de Alportel, o que é determinante para o incremento da nossa economia e para a qualidade de vida das populações. São Brás de Alportel tem uma extraordinária localização geográfica, no centro do Algarve. Com esta intervenção poderemos alavancar este que é um dos mais importantes potenciais de desenvolvimento do nosso território”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.