Os ‘Rolhinhas’ de Lagos recolheram mais de 200 kgs de rolhas!

10

Os ‘ROLHINHAS’, recipientes instalados pela Câmara Municipal de Lagos, para depositar rolhas de cortiça destinadas à reciclagem, no âmbito da campanha “Green Cork da Quercus”, recolheram até ao final de 2014, cerca de 222,41 Kg, daqueles resíduos.

Aqueles recipientes de recolha, chegaram a Lagos em setembro de 2010, tendo sido distribuídos na altura pelos edifícios e equipamentos municipais e mais tarde, pelas juntas de freguesia e algumas escolas do concelho.

O Município associou-se à QUERCUS, na promoção desta campanha no concelho, através do Green Cork, um Programa de Reciclagem de Rolhas de Cortiça que tem como objetivo principal a transformação das rolhas usadas noutros produtos, contribuindo para a redução de resíduos enviados para aterro sanitário, defender a rolha de cortiça como produto ecológico e contribuir para a plantação de espécies autóctones, através do retorno da recolha de rolhas.

O projeto permite ainda promover o financiamento do Programa “Floresta Comum”, que visa a preservação, plantação e conservação de espécies autóctones e ecossistemas mediterrâneos. Existe igualmente o objetivo paralelo de evitar aumentar as emissões de CO2 já existentes.

Atualmente no concelho de Lagos existem 9 locais de recolha de rolhas de cortiça. Os recipientes estão devidamente identificados e encontram-se facilmente em alguns dos equipamentos municipais, nos Paços do Concelho Séc. XXI, Biblioteca Municipal, Mercado da Avenida e Mercado de Santo Amaro, Divisão de Ambiente e Serviços Urbanos da Câmara Municipal de Lagos, Chinicato e nas 4 Juntas de Freguesia.

A autarquia lança o desafio aos munícipes, para juntarem rolhas que depois podem depositar nos ‘Rolhinhas’, colaborando com o ambiente na redução dos desperdícios, desviando o seu destino habitual, que costuma ser o aterro sem qualquer aproveitamento.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.