Ocupação hoteleira no Algarve com descida em Março

20

A taxa de ocupação média na hotelaria do Algarve no mês de Março, apresentou uma variação em descida relativamente ao mesmo mês de 2013, influenciada pelo fato de a Páscoa no ano passado, ter sido no mês em análise, contribuindo decisivamente para a descida verificada na ocupação e volume de negócios durante este mês.

Segundo dados provisórios divulgados hoje pela AHETA – Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, a taxa de ocupação global média por quarto foi de 43,9%, 1,7pp abaixo do valor verificado em 2013.

Os mercados que mais contribuíram para a descida verificada foram o nacional com -2,0pp, o alemão com -1,3pp e o espanhol que registou ‑0,8pp. Os mercados que cresceram em Março, foram o britânico com +0,6pp e o holandês  com +0,4pp, relativamente a período homólogo.

As zonas de Tavira (-7,6pp) e de Monte Gordo / VRSA (-7,2pp) registaram as principais descidas. Albufeira, a principal zona turística da região, sofreu uma descida de 3,1pp. As zonas de Carvoeiro / Armação de Pêra (+5,0pp) e Faro / Olhão (+2,5pp) foram as que apresentaram as maiores subidas.

A zona de Monte Gordo / VRSA registou a taxa de ocupação média mais elevada (69,5%). A mais baixa ocorreu em Tavira (34,2%).

Por categorias, os hotéis e aparthotéis de 5* (+0,8pp) foram os que apresentaram as maiores subidas nas ocupações. As maiores descidas foram registadas nos aldeamentos e apartamentos turísticos de 5 e 4* (‑4,8pp) e nos de 3* (-2,5pp).

Os hotéis e aparthotéis de 5* registaram a ocupação mais baixa (40,5%), enquanto os de 3* registaram a mais alta (52,8%).

O volume de negócios diminuiu 4,2% face ao mesmo mês do ano anterior.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.