Novo Ford Mustang faz dos 0 aos 100 abaixo dos 5 segundos!

9

A aceleração dos 0 aos 100 km/h abaixo dos 5 segundos do novo Ford Mustang, faz deste, o mais rápido modelo de grande volume da marca, na Europa.

O construtor norte-americano revelou ainda que já tem mais de 2.200 encomendas do novo Ford Mustang desde que, no início deste ano, arrancou com as vendas do icónico modelo em todo o continente europeu.

Proposto pela primeira vez na Europa em 50 anos de história, o Ford Mustang, está disponível com motor Ford 5.0 V8 de 421 cv e 530 Nm de binário ou com o mais económico e eficiente motor 2.3 EcoBoost, de 317 cv e 432 Nm de binário.

A versão fastback com o motor 5.0 V8 e transmissão manual de seis velocidades atinge os 100 km/h com arranque parado em 4,8 segundos, mais rápido que qualquer outro Ford na Europa, desde o superdesportivo Ford GT, lançado em 2005. O Ford Mustang 2.3 EcoBoost fastback com caixa manual alcança esta marca em 5,8 segundos.

Os condutores do Ford Mustang podem optimizar as performances do modelo e as condições de condução utilizando dos Modos de Condução Seleccionáveis, e pela monitorização da performance de condução longe das estradas públicas com a tecnologia Track Apps. Os condutores do Ford Mustang 5.0 V8 podem ainda obter melhores acelerações em linha recta graças à tecnologia Launch Control. O Mustang viu, também, as suas forças G em curva aumentadas para 0,97.

“O novo Ford Mustang irá ser malevolamente rápido em linha recta, colando as costas do condutor ao banco, ao som emocionante do seu motor,” disse Hermann Salenbauch, Director da Linha de Veículos Mustang. “Mas o Mustang não será somente um modelo muito rápido em linha recta. A performance e a maneabilidade irão ser uma revelação para os condutores europeus.”

Equipado com o motor Ford 2.3 EcoBoost, o novo Mustang alcança, ainda, um consumo médio de 8,0 l/100 km e 179 g/km de emissões de CO2.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.