Nani Roma e Marc Coma vitoriosos no Dakar 2014

18

O espanhois Nani Roma tripulando um MINI e Marc Coma em KTM, foram ontem os protagonistas da festa em Valparaíso no Chile, no final da corrida mais dura do mundo, classificando-se nos primeiros lugares da geral em carros e motas respetivamente, nesta edição do Dakar da desilusão lusa.

Peterhansel que entrou para a última especial de 157 kms, com uma vantagem de 26 segundos para o espanhol e companheiro de equipa na MINI, já perdia 32 segundos no primeiro controlo, com Nani Roma a distanciar-se cada vez mais até que por razões que são contraditórias, o “senhor Dakar”, decidiu abrandar o andamento, afirmando no final que era a sua forma de homenagear o espanhol, sem no entanto se referir à ordem dada por Sven Quandt, o patrão da equipa.

Já em motos Marc Coma que na edição do ano anterior se ficou pelos comentários televisivos, devido à lesão que tinha sofrido em Marrocos, voltou este ano a montar-se na KTM que continua imbatível, marca que com esta vitória, já soma treze consecutivas no Dakar, um número que para os austríacos, não tem nada de agoirento.

Da armada Portuguesa que se apresentou à partida e de quem se esperava melhor sorte, no final apenas Helder Rodrigues em Honda, salvou as cores dos cinco castelos, com o seu 5º lugar na geral motos, uma classificação que apesar de tudo é honrosa, tanto mais que foi o melhor piloto da marca na prova,  a 11 minutos da Yamaha tripulada pelo francês Cyril Depres, que se ficou pelo quarto lugar e que também prometia vitória à partida, depois da mudança de ares da KTM para a marca nipónica.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.