Mercado Turístico do Reino Unido cresce no Algarve

Mercado Turístico do Reino Unido cresce no Algarve

3

Os turistas do Reino Unido realizaram cerca de 700 mil dormidas na hotelaria do Algarve em outubro, um aumento de 4% face ao mesmo mês do ano anterior, revelou o Instituto Nacional de Estatística. Os resultados da atividade turística mostram ainda que o principal mercado emissor de turistas para a região algarvia acumulou cerca de 5,6 milhões de dormidas entre janeiro e outubro de 2019, mais 2,3% do que em igual período de 2018.

Quanto aos hóspedes, a hotelaria do destino registou 136 mil hóspedes do Reino Unido em outubro (+7,1%) e acumulou 1,1 milhões de hóspedes (+7%) provenientes desse mercado desde o início do ano.

Perante estes resultados, o presidente da Região de Turismo do Algarve, João Fernandes, declara: «estes resultados deixam-nos otimistas quanto ao futuro, sendo assinalável a retoma que o mercado do Reino Unido tem vindo a registar ao longo do ano, tanto na hotelaria, como no aeroporto de Faro, onde está a subir 6,5 por cento. Outro sinal positivo é a recuperação da libra face ao euro, que se tem verificado desde meados de agosto do corrente ano, e que teve um comportamento animador com o aproximar da data das eleições para o parlamento britânico».

Somando as dormidas de todos os mercados, os hotéis do Algarve registaram 1,9 milhões de dormidas em outubro (-0,6%) e acumularam 19,6 milhões (+2,2%) desde janeiro. Na totalidade dos hóspedes, o registo mensal da região é de 462 mil hóspedes (+0,4%) e o valor acumulado é de 4,7 milhões (+7,2%).

Os proveitos globais da hotelaria regional continuaram em alta, ascendendo a 96,6 milhões de euros (+1,7%) em outubro e acumulando 1168,3 milhões de euros (+7%) nos primeiros dez meses do ano, um valor superior ao alcançado em todo o ano de 2018 (1136,6 milhões de euros).




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.