Folclore internacional no Jardim da Verbena em São Brás

12

O Jardim da Verbena em São Brás de Alportel, é na próxima sexta feira 21 às 22:00, com entrada gratuita, o palco de novas sonoridades, com a atuação de três grupos de folclore internacional, participantes no Folkfaro – Festival de Folclore Internacional Cidade de Faro.

Grupos oriundos da Bósnia-Herzegovina, Espanha e Irlanda do Norte visitam São Brás de Alportel para dar a conhecer os seus costumes e tradições, através de uma das mais representativas formas de cultura popular de um país, o folclore.

Diretamente da Bósnia-Herzegovina o Folk Dance Ensemble Cajavec apresenta-nos a sua herança folclórica através dos típicos trajes adornados com padrões originais e com quase um século de História. Uma das principais características deste grupo é a riqueza do seu acervo que permite trajar mais de 700 bailarinos.

Os ritmos andaluzes serão representados pelo Grupo de Danzas Adolfo de Castro, um dos mais antigos e prestigiados do sul de Espanha. Com o intuito de revelar ao mundo as raízes do flamenco, o grupo realiza um meticuloso trabalho de pesquisa para manter vivas as memórias dos bailes regionais mais populares de Espanha.

A Dominic Graham School of Irish Dance viaja da Irlanda do Norte até ao coração do Algarve, para participar pela primeira vez no Festival Folkfaro. Empenhada na criação de coreografias originais e na vertente de competição, esta escola promove as danças e músicas tradicionais da Irlanda famosas pela rapidez de movimentos.

Fortemente enraizado nas tradições de um país, o folclore é uma marca representativa da identidade de uma sociedade e dá um enorme contributo ao perpetuar os hábitos, trajes e dançares de outros tempos. Este ano São Brás de Alportel volta a receber mais um espetáculo integrado no Folkfaro com vista a dinamizar a oferta cultural do município e a divulgar esta tradição secular.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.