Festival de Caminhadas do Ameixial, terminou em festa!

0

Terminou a 2ª Edição do Festival de Caminhadas do Ameixial, em espírito de festa e com a promessa de regresso no próximo ano à simpática aldeia da serra do Caldeirão.

O Festival acolheu mais de 200 participantes, nacionais e estrangeiros, e contou com a presença de jornalistas internacionais da imprensa especializada, por iniciativa da Associação de Turismo do Algarve (ATA). Foram três dias intensos de natureza, convívio e contacto com a população, património e cultura serrana.

O evento incluiu a realização de treze caminhadas de reconhecimento dos valores naturais e culturais da zona, duas atividades de trail running, uma visita guiada à exposição “Quem nos escreve desde a Serra”, três workshops técnicos, um workshop para crianças, um peddy-paper para famílias, uma tertúlia sobre a história das caminhadas no Algarve e um baile dançante.

No último dia, o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Loulé e o Presidente da Junta de Freguesia do Ameixial, inauguraram o “AMA Ameixial”, um Abrigo de Montanha que se constitui como um polo fundamental para a dinamização de atividades de natureza nesta região, uma vez que disponibiliza aos praticantes de caminhadas, de btt e apreciadores da natureza, um espaço de alojamento devidamente equipado, com quartos em regime de camarata, cozinha, wc, com capacidade para acolher até a um máximo de 16 pessoas.

Além dos três dias de animação que trouxe a esta pequena localidade do interior, na fronteira com o Alentejo, o segundo Festival de Caminhadas do Algarve teve também um importante impacto económico na aldeia, nomeadamente junto dos cafés, que foram incansáveis a servir pequenos-almoços, merendas, almoços, lanches e jantares aos caminhantes e à organização.

O Promotor desta iniciativa foi a Câmara Municipal de Loulé, a organização esteve a cargo da ProActiveTur, Lda e do Projecto Estela. Contou com o Apoio da Junta de Freguesia do Ameixial, do Projecto TASA, do Projecto Querença, do Clube Ameixialense e da Direção-Geral do Património Cultural.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.