FUTURO DA MOBILIDADE EM FARO

Debatido o Plano de Mobilidade em Faro

13

Decorreu na passada quinta feira (7) em Faro, um debate sobre a mobilidade no concelho, que contou com a presença de cerca de 70 representantes de diversas instituições dos diferentes setores económico, cultural e social, e ainda, representantes da sociedade civil, com intervenção direta ou indireta no território municipal.

Esta primeira sessão de participação pública teve o propósito de recolher propostas e sugestões para a construção de soluções mais sustentáveis para o futuro da mobilidade no território, numa altura em que o Município de Faro está a elaborar um Plano de Mobilidade e Transportes (PMT), instrumento que estabelece a estratégia global de intervenção em matéria de organização das acessibilidades e gestão da mobilidade.

Espera-se, nas etapas seguintes do período de participação, que esta seja vasta e abrangente à pluralidade dos setores de atividade, zonas geográficas e extratos sociais.

A ação, coordenada pela empresa que está a elaborar o plano, “mpt – mobilidade e planeamento do território Lda”, foi dinamizada por Paula Teles, coordenadora da equipa técnica do PMT, pelo coordenador da revisão do Plano Diretor Municipal de Faro (PDM), Pedro Ribeiro da Silva e contou com a presença do perito em mobilidade Robert Stüssi.

Os participantes dividiram-se em salas paralelas temáticas, tendo sido no final apresentados os resultados na parte final, com identificação dos pontos fortes e fracos na perspetiva dessa amostra representativa.

Foi ainda lançada, durante a iniciativa, a plataforma web que reunirá toda a informação sobre o Plano de Mobilidade e que, simultaneamente possibilitará a interação com o público para a obtenção das principais preocupações em matéria de mobilidade, nomeadamente através do inquérito de opinião disponibilizado.

O processo de participação pública, considerado de extrema importância, está a decorrer paralelamente ao processo de revisão do Plano diretor Municipal, experiência piloto em Portugal, o que reflete a aposta da autarquia em dar um novo rumo ao concelho, em termos de ordenamento do território.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.