www.Auto-Doc.PT
Home / Atualidade / Opinião (page 8)

Opinião

O ALGARVE TEM CAPACIDADE PARA SE RENOVAR!

“O Algarve tem capacidade para se renovar”, uma espécie de toque a rebate, de alguns dos responsáveis governamentais, autárquicos e do Turismo Algarvio, presentes na passada quarta feira, no debate DN Mar, que se realizou em Lagos, por iniciativa do Diário de Notícias. Em discussão estava o sector do turismo, ...

Read More »

E continuamos a ser, um país de faz de conta!

Interrogamo-nos se aquela gente que tem decidido sobre as nossas vidas, que nos envia a chamada Tróika com regularidade trimestral, para ver se cumprimos o caderno de encargos, terão uma idéia do que se passa cá dentro, porque com tanto elogio e tanta promessa de apoio, cada vez que alguns ...

Read More »

Caracterização eco-geográfica do Algarve!

“(…) Mas, passado o Caldeirão, é como se me tirassem uma carga dos ombros. Sinto-me livre, aliviado e contente, eu que sou a tristeza em pessoa! A brancura dos corpos e das almas, a limpeza das casas e das ruas, e a harmonia dos seres e da paisagem lavam-me da ...

Read More »

O Algarve tem de sobra, venham eles, serão benvindos!

A notícia é de um Jornal nacional, que anuncia o regresso dos estrangeiros ao Algarve, à procura da segunda habitação, beneficiando do contexto, interessados em fazer negócio. Diz aquele diário que o Algarve volta a ser procurado por ingleses, alemães, irlandeses e escandinavos, dispostos a beneficiar da conjuntura económica, que ...

Read More »

Aljezur da terra ao mar um sítio de encantar!

A costa marítima do conselho de Aljezur é riquíssima em variedade de peixe, com prevalência para os sargos, robalos, douradas e os frescos percebes, que ao natural fazem as delícias dos melhores bebedores de cerveja. Na terra do Conselho de Aljezur crescem em variedade e género, todo o tipo de ...

Read More »

As portagens na A22 matam a economia regional!

As portagens na A22 continuam a ser um bloqueio para a economia do Algarve e até do País, a começar pela quebra e receitas e a continuar nos estrangulamentos a que as atividades económicas da região estão sujeitas, com prejuízos que já são quantificaveis, mas que o governo se recusa ...

Read More »