Faz-te ao Futuro... com Garantia Jovem

Campanha Faz-te ao Futuro… com a Garantia Jovem

A Garantia Jovem lançou a 26 de junho, a Campanha de Comunicação “Faz-te ao futuro” que tem por objetivo sensibilizar os jovens portugueses que não se encontrem a estudar, em formação ou a trabalhar, os chamados NEET.

Sob o mote “Faz-te ao futuro” e com uma imagem e conceito desafiantes, esta campanha visa informar e sensibilizar os jovens NEET das respostas e dos apoios que podem ter, designadamente, para encontrar emprego, melhorar as qualificações escolares e profissionais, fazer um estágio profissional, ou até criar o próprio emprego.

Através de uma linguagem simples e próxima do target, pretende-se transmitir uma mensagem que gere ação, desafiando e consciencializando os jovens a poder obter informação e orientação sobre as respostas que podem beneficiar, através de um simples registo em www.garantiajovem.pt.

Até junho de 2018, esta iniciativa estará presente em vários meios e suportes publicitários, canais offline e online, além de disseminar testemunhos de jovens bem-sucedidos em vídeo que participaram nas diferentes respostas do programa Garantia Jovem. Estará ainda presente nas escolas secundárias com uma abordagem preventiva.

Com diversas peças gráficas e comunicação online, a campanha apresenta um tom e códigos visuais próximos do público juvenil, desafiando-o a agir agora pelo seu futuro.

Complementarmente será operacionalizada a Estratégia Nacional para a Sinalização de Jovens que não estudam, não trabalham, nem frequentam formação profissional, desenvolvida conjuntamente pelo IEFP e a Organização Internacional do Trabalho, que foi publicamente apresentada na terça feira, 27 de junho.

Sobre a Garantia Jovem

A Garantia Jovem  é um programa europeu de resposta à inatividade e ao desemprego jovem, que tem como principal objetivo proporcionar aos jovens entre os 15 e 29 anos que não se encontrem a estudar nem a trabalhar, uma oportunidade para apostar na sua qualificação e estar em contacto com o mercado de trabalho. Em Portugal, o programa é coordenado e implementado pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*