Campanha de Vistos Gold travada na burocracia!

10

O Governo lançou recentemente uma campanha de turismo residencial, com a qual se propôe proporcionar vistos Gold aos estrangeiros que adquirirem propriedades em Portugal, por valores que superem os quinhentos mil euros.

No Algarve há inclusivamente empreendimentos que veêm no programa uma boa idéia, ficando na expetativa de poderem beneficiar da iniciativa, mas entretanto já chegaram à conclusão que não é fácil, porque os simples vistos de turista, para que os compradores possam vir ver as propriedades que se propõem comprar, são dificultados pela burocracia.

Carlos Real, diretor geral da United Investments Portugal (UIP), dizia hoje ao Expresso: “É um bom programa e pode ter muito sucesso, mas para isso deve ser melhorado”. Adiantando que “As pessoas querem ver o que vão comprar”, por isso e nestes casos, os vistos turísticos deviam ser agilizados. “Já tive potenciais clientes que tiveram de adiar a viagem à espera de receber vistos para chegarem cá”.

No trabalho do Expresso, é referido por exemplo o resort Pine Cliffs, no Algarve, que prevê duplicar as vendas de imobiliário, tendo sobretudo como alvo os mercados asiático e russo, cujos cidadãos, para entrarem no país, precisam de um visto de turista, que não está a ser fácil de obter.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.