Balanço do Verão Turistico 2013 no Algarve é encorajador

18

O Algarve confirmou no terceiro trimestre de 2013, a sua posição de principal região turística nacional, com temperaturas altas, mas também com praias repletas de veraneantes, registando subidas em todos os indicadores, hóspedes, dormidas, proveitos e taxa de ocupação.

Segundo a última edição do boletim “Algarve conjuntura turística”, divulgado hoje, a boa performance do destino algarve, ficou a dever-se sobretudo ao grande afluxo de estrangeiros, o que ajudou a compensar o menor volume de turistas nacionais, tendência verificada desde o início do ano.

Também o movimento de passageiros no aeroporto de Faro cresceu entre julho e setembro, fechando com chave de ouro o verão no Algarve, com um movimento total de passageiros que aumentou 5,7%, entre julho e setembro de 2013 (3º trimestre), comparativamente com o mesmo período de 2012, tendo sido transportados 2.490.650 passageiros.

No que diz respeito à origem dos passageiros movimentados via aeroporto de Faro, no terceiro trimestre de 2013, mantiveram-se as posições dos cinco países mais representativos tal como no trimestre anterior. Todos os países deste grupo aumentaram o número de movimentos de passageiros com exceção de Portugal.

O Reino Unido continuou a ocupar a 1ª posição do ranking mas viu a sua quota baixar 0,9 p.p. ficando nos 53,8% do total de passageiros movimentados, com a Alemanha a ser o país de origem que mais aumentou em número de passageiros movimentados (+25,4%), representando movimento na ordem dos 293.383 passageiros. Portugal, esteve na origem de menos 1976 passageiros significando uma quebra de 1,7%, relativamente ao trimestre homólogo de 2012.

Relativamente ao número de hospedes, no terceiro trimestre de 2013, o número de hóspedes voltou a crescer na Hotelaria Global do Algarve (+2,2%), comparativamente ao mesmo trimestre do ano anterior, devido à subida do número de hóspedes estrangeiros (+5,0%).

No terceiro trimestre de 2013 verificou-se quando comparado com o período homologo de 2012, um aumento do número de hóspedes que preferiram alojamentos com as tipologias “Hotéis apartamentos” e “Hotéis”, tendo diminuído a preferência pela tipologia “Aldeamentos turísticos” e “Apartamentos turísticos”. Relativamente aos “Hotéis” registou-se um aumento significativo do número de hóspedes nas categorias de 5 estrelas (+11,5%) e de 4 estrelas (+9,4%).

A taxa de ocupação média por cama, na hotelaria do Algarve, no segundo trimestre de 2013, situou-se nos 72,7%, mais 2,7 pontos percentuais (p.p.) que no período homólogo de 2012. Este indicador cresceu em todos os meses do trimestre à semelhança do que aconteceu com a taxa de ocupação média nacional.

A estada média dos hóspedes na hotelaria global durante o terceiro trimestre de 2013 foi, em média, de 5,1 noites a mesma que no trimestre homólogo de 2012.

Os hóspedes que mais pernoitaram na hotelaria global do Algarve, no período em análise, foram os holandeses e os alemães com uma média de 6,3 noites, valor superior ao registado em 2012. Os hóspedes que menos noites permaneceram foram os espanhóis com uma média de 3,6 noites.

Já no que se refere aos proveitos, o Algarve foi a região que obteve no terceiro trimestre de 2013, mais proveitos globais dos estabelecimentos hoteleiros (aposentos, restauração e outros como aluguer salas de reuniões, tabacaria…) apresentando um resultado de 327,8 milhões de euros. Este valor representou 41,3% dos proveitos totais da hotelaria do país.

Relativamente ao trimestre homólogo de 2012, verificou-se uma subida dos proveitos globais em todas as regiões, à exceção da região Centro (-2,7%). O Algarve aumentou o valor dos seus proveitos 2,5% ficando, no entanto, abaixo da subida média nacional que foi de 5,2%.

No Golfe, o número total de voltas nos campos de golfe do Algarve no terceiro trimestre de 2013, aumentou ligeiramente (0,6%), tendo sido realizadas 226.713 voltas, mais 1487 que em igual período de 2012.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.