Armindo Laureano “Vivências"! – o que espera da vida

Armindo Laureano apresenta na UALg “Vivências”!

11

O jornalista angolano Armindo Laureano, apresenta na próxima quarta feira (17) pelas 18h00, na Sala de Seminários da Universidade do Algarve, ao Campus de Gambelas, o audiolivro “Vivências – o que espera da vida”.

Nesta obra com prefácio de Anacoreta Correia, Armindo Laureano divulga 33 entrevistas realizadas no programa radiofónico “Vivências”, produzido pela Rádio Mais-Luanda.

O livro, acompanhado com um DVD-áudio, conta com o prefácio do engenheiro Miguel Anacoreta Correia, inclui um texto do jornalista/escritor Luís Fernando e terá uma tiragem de 150 mil exemplares em Portugal. A divulgação no Algarve tem o apoio do Consulado Geral de Angola em Faro.

Entre os entrevistados registam-se várias figuras nacionais e estrangeiras ligadas à política, negócios, academia, religião, comunicação social e artes. Jorge Carlos Fonseca, Presidente da República de Cabo Verde, Albina Assis, ex-ministra da Indústria e Conselheira especial do Presidente da República de Angola para Assuntos Regionais, premiada com o galardão Femina 2015, Abel Chivukuvuku, político angolano que ocupou durante mais de 30 anos posições de destaque na UNITA e Vicente Pinto de Andrade, professor universitário angolano, economista e jurista são só algumas das personalidades que passaram pelos microfones de “Vivências”, e que surgem agora em livro.

Com esta obra, o autor dá continuidade ao trabalho apresentado há dois anos com o primeiro audiolivro: “Um Ano de Vivências”, que incluia 32 entrevistas e que mereceu a distinção do Prémio Maboque de Jornalismo/2014, na categoria Entrevista.

O jornalista assume que este trabalho é para continuar porque considera importante dar voz a emblemáticas figuras angolanas, mas não só. “No fundo, diz que é uma obra que se justifica porque há histórias/vivências que merecem mesmo ser contadas, ouvidas e agora também lidas”.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.