António Ramos Rosa homenageado na Biblioteca em Faro!

16

A Biblioteca Municipal de Faro homenageia o seu patrono, na tertúlia “À mesa do vento – uma conversa na “casa” de António Ramos Rosa”, que terá lugar na próxima quinta feira (17 às 18:30), data coincidente com o nascimento do poeta.

A Tertúlia contará com as presenças do Prof. Doutor Pedro Ferré, do poeta Manuel Madeira, do Engº Augusto Miranda e do Prof. Doutor João Minhoto Marques.

O significado e o legado da obra poética de Ramos Rosa, o seu labor crítico e ensaístico na busca da plenitude poética, vivências e outras recordações, são alguns dos temas a abordar nesta Tertúlia, um espaço aberto, que se pretende participado por todos os que queiram lembrar este grande poeta da língua portuguesa, nascido em Faro.

A Biblioteca Municipal de Faro, tem em exposição permanente, um conjunto de objetos doados pelo poeta, testemunho de diversas homenagens de que foi alvo. No átrio está patente uma mostra bibliográfica.

[box type=”note” align=”aligncenter” width=”610″ ]Falecido no passado dia 23 de Setembro, com 88 anos, António Ramos Rosa dedicou a sua vida à poesia. Autor de uma das obras poéticas mais extensas e marcantes da poesia portuguesa contemporânea, começada em Faro com a publicação de Grito Claro (1958), escreveu também livros de ensaios que marcaram sucessivas gerações de leitores de poesia, como Poesia, Liberdade Livre (1962) ou Poesia e Interrogação do Real (1979).
Recebeu ainda alguns dos mais relevantes prémios literários portugueses, como o Prémio Pessoa, em 1988, e vários prémios internacionais quer como poeta, quer como tradutor. O Município de Faro outorgou-lhe a sua Medalha de Ouro, e foi distinguido pela Universidade do Algarve com o grau de Doutor Honoris Causa, no dia do seu aniversário, em 2003. [/box]




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.