Albufeira promove a biodiversidade com projeto “Chapin”!

17

A Autarquia de Albufeira está a lançar um projeto inovador na região, para atalhar caminho à proliferação da lagarta do pinheiro, com a instalação de ninhos de “chapins” em diversas zonas do concelho.

O projeto visa controlar biologicamente a proliferação da processionária (lagarta), um inseto desfolhador dos pinheiros e cedros que pode, em determinados estádios do seu desenvolvimento, provocar danos nas árvores e  graves problemas de saúde. quando se situam perto de locais habitados ou frequentados pela população.

A caraterística urticante dos pelos desta lagarta, provoca alergias na pele, no globo ocular, no aparelho respiratório dos seres humanos e dos animais domésticos.

Os serviços da Divisão de Ambiente, Higiene Urbana e Espaços Verdes da Autarquia, em parceria com o Parque Natural da Ria Formosa, desenvolveram uma solução ambientalmente sustentável, com recurso ao chapim, uma ave urbana que se encontra praticamente em todo o tipo de florestas e parques e que é um dos principais predadores da lagarta do pinheiro.

A iniciativa consiste em colocar ninhos de “chapins” em diversas zonas do concelho e em estabelecimentos de ensino, criando condições para o aumento dos efetivos desta espécie de ave, cuja principal fonte de alimentação é esta lagarta (processionária), promovendo ao mesmo tempo a biodiversidade.




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.